Mais um filme para se entrar de cabeça no espírito natalino: O Príncipe do Natal. Esse é um daqueles longa-metragens que se assiste, mas não se sabe com exatidão como classificar, sendo bom ou ruim.

O enredo é sobre uma jornalista (Amber) que se infiltra no castelo de Aldovia para investigar os rumores da abdicação do príncipe Richard ao trono. Ela é confundida com a tutora da irmã de Richard, Emily, e se aproveita da situação. Amber e Richard se apaixonam, mas não será tão fácil assim.

Em uma visão, temos algumas performances que fazem a nota do filme aumentar. O melhor desempenho como o personagem mais bem-arredondado (o único a ter desenvolvimento além do clichê) de longe, vem de Honor Kneafsey. Emily começa como uma pirralha inicialmente, mas amadurece ao longo dos minutos que se passam. Rose McIver e Ben Lamb também apresentam performances charmosas e têm uma química romântica fácil. Alice Krige traz uma dignidade discreta para a rainha.

Veja Também!  Resenha | O Gambito da Rainha - 1ª Temporada (Original Netflix)

O Príncipe do Natal parece muito bom à princípio. O cenário é lindamente pitoresco. Temos uma sensação realmente festiva e os interiores do castelo e exteriores são suficientes para fazer qualquer um querer ficar lá. A fotografia é adequadamente bem feita. A música coloca a pessoa no clima natalino e exala uma nostalgia acolhedora. Observar as famosas canções é uma delícia e existe a séria tentação de cantar junto.

O Príncipe do Natal não é bom nem ruim… tem um pouco de ambas as coisas

Há algum charme e doçura genuína. A química de Amber e Emily é muito sincera. Também não há muitos momentos em que se fica entediado. No entanto, o resto do elenco não impressiona muito, a maioria é sem graça.

Veja Também!  Resenha | O Outro Pai (Original Netflix)

É difícil negar, também, que O Príncipe do Natal, mesmo por tentar aceitar o que é, está repleto de clichês, previsibilidade e artifício ininterruptos. Mas é preciso suspender a descrença em quanto tempo leva para a mentira ser exposta. Amber constantemente escapando por pouco de ser pega e como as coisas são resolvidas com demasiada rapidez e facilidade. Concluindo, é um clichê cujas falhas são evidentes.

Na UOL Play você pode assistir aos melhores filmes e séries sob demanda, além de vários canais de TV por assinatura. Tudo isso no mesmo lugar. Gostou? Experimente por 7 dias grátis! Clique e confira!
Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"  
Veja Também!  Resenha | Bárbaros - 1ª Temporada (Original Netflix)


 

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.