O Rei Eterno (The King: Eternal Monarch) é o mais novo drama da emissora sul-coreana SBS TV, com transmissão global pela Netflix, que lança os episódios legendados poucas horas após a exibição na Coreia. O primeiro episódio foi ao ar em 17 de abril de 2020.

Confira o trailer legendado logo abaixo:

Enredo

Na trama, Lee Gon (Lee Minho) é um imperador coreano que assistiu ao assassinato de seu próprio pai quando era criança. Hoje, na vida adulta, atravessa um portal aberto por demônios que o leva para outra realidade, na qual conhece a detetive Jung Taeeul (Kim Goeun), que tenta proteger a todo custo as pessoas que ama.

A história se passa entre dois períodos, os anos 90 e a atualidade, e dois mundos diferentes: em um deles os reis e dinastias ainda são uma realidade na Coreia do Sul, com imperadores e castelos em meio ao grande avanço tecnológico, enquanto em outra, mais fiel à realidade, a república já foi adotada e os presidentes governam o país.

Pode parecer um pouco confuso, mas faz grande sentido quando assistido — o poder da fantasia e ficção histórica. O roteiro do drama foi escrito por Kim Eunsook, que já havia trabalhado com Minho em The Heirs (2013) e com Goeun em Goblin (2016-2017).

Elenco e Personagens

Lee Minho interpreta o imperador que vai parar em um mundo paralelo, onde finalmente encontra a detetive que salvou sua vida no passado — embora ela não o conheça, já que são de realidades distintas. A detetive é Jung Taeeul, personagem de Kim Goeun.

A dupla é muito conhecida na Coreia do Sul, mas é a primeira vez que trabalham juntos em um drama.

Além de Goblin, Goeun estrelou Cheese in the Trap (2016) e o filme Tune in for Love (2019), lançado pela Netflix. Já Minho é conhecido pelos dramas Boys Over Flowers (2009) e The Legend of the Blue Sea (2016-2017). O Rei Eterno é seu primeiro trabalho desde sua dispensa militar.

Resenha | O Rei Eterno - 1ª Temporada (Original Netflix)

O elenco secundário deu grande destaque para o personagem de Woo Dohwan, o “bromance” do protagonista, além do vilão Lee Lim, interpretado por Lee Jungjin. Esses dois ainda devem desenvolver grandes funções nos próximos episódios.

Direção e Fotografia

Quem assume a direção do projeto é Baek Sanghoon, nome já conhecido por Who Are You: School 2015 (2015), Descendants of the Sun (2016) e Love in the Moonlight (2016), repetindo a dose de perfeição para este novo k-drama que não é feito só de uma boa história e elenco de estrelas, mas de todo um belo trabalho visual que eleva a sua qualidade.

A fotografia é genial e sabe explorar o melhor das paisagens e ambientes sem perder o foco dos personagens e sua narrativa. Mais do que um bom ângulo ou enquadramento, O Rei Eterno é feito de grandes cenários.

Cenografia e Figurinos

Seja real ou em computação gráfica, bastou um episódio para provar que a mistura de ficção e realidade em The King: Eternal Monarch é passada também nas caraterísticas visuais da obra, transcendendo sua narrativa para outros elementos que compõem uma produção audiovisual.

Isso se dá na representação do chamado Reino da Coreia, que expande digitalmente as ainda existentes construções de séculos passados em meio aos grandes arranha-céus do país. As roupas também entram no jogo de (a)temporalidade, com um imperador que veste as tradicionais hanbok reais, mas também aparece em vestes mais confortáveis e contemporâneas quando apresentado em sua informalidade.

Brincar com esse encontro entre eras é uma das grandes genialidades do drama.

Trilha Sonora

Quem conhece os k-dramas já sabe como funciona: a trilha sonora é divulgada aos poucos, acompanhando o lançamento dos episódios já que, muitas vezes, suas letras e clipes trazem spoilers sobre os momentos em que entram em cena para complementar a narrativa.

Entretanto, duas músicas já foram lançadas: Who Are You, cantada por Sam Kim, e Miss You In My Heart, por Junggigo. É sabido ainda que Zion.T e Hwasa (integrante do Mamamoo) terão músicas na OST de O Rei Eterno, esperadas para serem lançadas ainda neste final de semana.

Vai ter segunda temporada?

Ainda é muito cedo para sabermos disso! Embora seja comum que dramas sul-coreanos tenham somente uma temporada, a Netflix está mudando isso. Vagabond, por exemplo, também era lançado em parceria entre a SBS e a Netflix e teve sua segunda temporada confirmada, mas nenhuma informação foi dada sobre os novos episódios desde então.

Só o futuro dirá sobre O Rei Eterno (The King: Eternal Monarch). 

E você, o que achou da estreia do novo k-drama de Lee Minho e Kim Goeun? Conta pra gente nos comentários!


Inscreva-se no nosso canal
 
Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   
 

ARTIGOS RELACIONADOS

15 COMENTÁRIOS

  1. Estou amando. A perfeição dos detalhes, típica do povo asiático é fascinante. Além disso a história é muito envolvente e os atores serem muito bons. O protagonista é lindo e rouba a cena com o figurino sempre impecável e uma interpretação marcante.

  2. Essa resenha contém equívocos. Rei Eterno trata de um Reino da Coreia coexistindo paralelamente com a República da Coreia do Sul de nossa realidade. Democracia há nos 2 países dos 2 universos. A identidade do salvador do futuro rei ainda não foi revelada até o ep 6. A história começa em 2021 no futuro. São 3 décadas.

  3. Eu amo o novo drama The King. Amo todos trabalhos de Lee Minho, assisti a mais uma vez to dos os dramas que Essa pessoa fez. Pude ver quão completo ator Lee Minho é, admiração total dessa celebridade em o The King não podia ser diferente esbanjando talento e carisma….😍

  4. O figurino e maravilhoso e Lee Minho sempre com seu show de interpretação rouba a cena sempre muito marcante fico sempre ansiosa esperando um novo episódio.

  5. Conseguem me falar onde consigo assistir toda? Na Netflix os episódios são exibidos apenas nas sextas e sábados. E eu fico como? Mais ansiosa? Contando para os dias passarem rápidos….afff
    Eu apaixonada por essa série, mas preciso assistir o quanto antes haha

    • É assim mesmo, Dryele. Ela está em lançamento simultâneo na Coreia (pelo canal SBS) e no resto do mundo pela Netflix. Os episódios que tem na Netflix são todos os que saíram até o momento mesmo ahsuahsuah

  6. Estou amando a o kdrama, ouvi que ele nao esta sendo bem recebido na corea, mas acho que aqui estao gostando, os primeiros episódios sao um pouco mais parados mesmo mas agora ta ficando cada ver mas interessante. ###fiquei muito feliz em saber que vao fazer 2 temporada de vagabond estou super ansiosa.

    • Oi Kely, é verdade que o drama está tendo uma audiência bem baixo mesmo na Coreia. A minha teoria é de que a culpa é do drama The World of the Married, que os coreanos estão amando mas era exibido na mesma hora que The King: Eternal Monarch. Agora que The World of the Married acabou acho que a audiência do The King volta a subir!

      Também estamos super ansiosos para a segunda temporada de Vagabond, mas tá demorando demaaaaaais!

  7. Está de parabéns a Netflix por uma série tão Boa um romance doce e suave, algo que não se vê na maioria das séries, estou muito satisfeita com a interpretação de Lee Minho. Só não gosto de esperar uma semana por cada capítulo.

  8. Por um acaso descobri as séries coreanas e estou apaixonada e fascinada.Antes de ver o Rei Eterno,assisti herdeiros com o mesmo ator Lee Minho.Ele é de uma beleza estoteante.Amo as séries coreanas.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.