A primeira temporada da série Okupas, produzida por Bruno Stagnaro, chega na plataforma da Netflix em julho de 2021.

Sobre o Enredo

A primeira temporada da série Okupas tem como objetivo retratar a marginalidade e uma série de outras questões sociais que abalaram a Argentina nos anos 2000. Nessa época, o país vivia uma enorme crise econômica.

A trama se inicia com Ricardo (Rodrigo De La Serna), um jovem de classe média. Um dia, a prima de Ricardo, Clara (Ana Celentano), pede para que ele se mude para um grande casarão, após a família que vivia no local ter sido despejada.

Ricardo fica extremamente feliz com a sua nova casa. Porém, rapidamente o jovem percebe que o seu cotidiano não será tão simples como ele havia imaginado: logo na primeira noite ele sofre uma violenta tentativa de invasão por parte de um grupo de marginais.

A narrativa irá explorar as tentativas de controle da propriedade que serão feitas por Ricardo. Para isso, o jovem pede ajuda ao seu amigo El Pollo (Diego Alonso) e à dois estranhos: Walter (Ariel Staltari) e El Chiqui (Franco Tirri).

Os quatro jovens, que ficarão conhecidos como “okupas”, irão experimentar eventos completamente diferentes, os quais envolvem viverão eventos completamente inusitados e diferentes, criando um misto de amizade e marginalidade.

Elenco e Personagens

O protagonista Ricardo, interpretado por Rodrigo De La Serna, acaba se destacando ao longo de todos os episódios da primeira temporada.

De La Serna busca evidenciar a contradição existente na Argentina da época: Ricardo e seus amigos deveriam evitar a ocupação do local, mas acabam eles mesmos se tornando os “ocupantes” do mesmo”.

A interpretação de Rodrigo De La Serna é simplesmente magistral, com um misto de profundidade psicológica e demonstração de uma variedade de sentimentos.

Ainda, estão presentes no evento também Diego Alonso, interpretando El Pollo, Ariel Staltari, interpretando o personagem Walter, e Franco Tirri, no papel de El Chiqui.

Cada um dos atores dará vida à um “tipo” que poderia ser encontrado na cidade de Buenos Aires nessa época.

Destacam-se também os atores Ana Celentano, Augusto Brítez, Sergio Podelei e Horacio Almada.

Direção e Fotografia

O diretor da primeira temporada de Okupas é Bruno Stagnaro. Como confessado em uma série de declarações, Stagnaro pretendia (e conseguiu muito bem) criar uma série que demonstrasse o “outro lado” da Argentina dos anos 2000.

As cenas da primeira temporada possuem uma velocidade excelente, dando espaço para uma série que não fica cansativa, mas que, ao mesmo tempo, consegue retratar todas as peculiaridades necessárias.

Ainda, a câmera se move a partir de uma grande variedade de ângulos. Destacam-se algumas cenas, como aquelas em que De La Sena dança ao som de Mick Jagger.

A fotografia também realiza um excelente trabalho. A iluminação é muito variada e a paleta de cores é composta por uma grande diversidade de tons, ainda que predominem aqueles mais opacos.

Cenografia e Figurinos

A cenografia se destaca ao longo da primeira temporada de Okupas. Os cenários se comportam como peças-chaves na criação das questões sociais que assolavam a Argentina dos anos 2000.

Destacam-se os cenários da grande casa ocupada pelos jovens e dos locais marginalizados da cidade de Buenos Aires, com seus muros pichados.

Os figurinos não se destacam tanto quanto poderiam, mas são convincentes. Os jovens se vestem de maneira convencional e seguindo o estilo da época.

E você, o que achou da primeira temporada de Okupas? Conte pra gente!


Experimente o Telecine por 30 dias grátis! Clique e confira!
Os Livros Mais Vendidos de Hoje: https://amzn.to/3nfT3tC
Roupas com Estampas Geek: https://amzn.to/38ykhrx
Quadros e Placas Decorativas Geek: https://amzn.to/3kjL8JR
Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"  

 

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.