O filme de 2006 está agora no catálogo da Netflix e traz uma temática diferente para o universo dos animes. A obra se passa num futuro em que a natureza ganha vida após uma manipulação genética. Mesmo vivendo em um lugar onde seres humanos são atacados pela floresta, todos conseguem viver em harmonia, até que um dia, Agito, nosso protagonista, encontra o corpo hibernado de Tula, uma garota que sabe como fazer o mundo voltar como antes.

Enredo

Após um experimento de modificação genética em plantas fracassar, a natureza ganha vida. A floresta já havia demolido a lua e também uma parte da civilização humana, fazendo com que os poucos humanos ali existentes tivessem que lutar constantemente pela sobrevivência.

Porém, tudo vira de cabeça para baixo quando um garoto chamado Agito encontra o corpo hibernado de Tula, uma garota do passado cujo corpo estava escondido há anos em um lugar da floresta.

Veja Também!  Shin Sakura Taisen the Animation | Anime tem data de estreia revelada

A garota que estava desacordada havia, aproximadamente, 300 anos se deparou com um mundo totalmente diferente. Quando a vila Ragnar descobre que Tula está agora acordada, eles a enxergam como uma arma que pode devolver a emancipação da humanidade e acabar com a guerra que eles têm com a floresta.

Agito, que havia virado amigo de Tula, toma conhecimento de que a vila havia a sequestrado e, junto com a floresta, ele junta forças para salvar Tula, a vila e a floresta de uma grande destruição.

Personagens

Nessa história é possível encontrar incongruências quanto ao fator “personagens”. Logo de início é se esperado que Tula seja a protagonista: é ela quem é a garota misteriosa desacordada, ela quem sabe das coisas do passado, é a responsável por saber como ajudar a retomar as coisas da forma que elas eram antigamente, é ela quem tem e é a arma mais importante.

Veja Também!  Confira os melhores episódios de Hunter x Hunter

Porém, com o decorrer da animação, o papel principal é trocado: Agito toma o protagonismo para si. Após Tula ser sequestrada para ser usada como uma arma para destruir a floresta pela vila Ragnar, Agito é o responsável por estabelecer uma conexão com a floresta para que assim fosse possível salvar todos ao seu redor.

Enquanto se esperava que toda a história fosse em torno de Tula, nos é apresentado outro lado da animação em que todo o papel de protagonista foi direcionado a Agito.

Direção e Animação

A direção foi feita por Keiichi Sugiyama e o estúdio responsável pela animação foi o Studio Gonzo que conta com inúmeras outras animações de renome e sucesso (aumentando ainda mais as expectativas para o filme).

Veja Também!  Kart Nervoso | Filme ganha trailer pela Netflix, confira!

Durante toda a produção é possível se notar uma enorme inspiração tanto no roteiro, quanto na arte. Ambas as coisas nos lembram e nos remetem às obras de Hayao Miyazaki, um grande cineasta e diretor que realizou inúmeros trabalhos para o Studio Ghibli, uns dos estúdios mais prestigiados.

Além disso, a animação conta com uma mistura entre mostrar o contraste entre civilizações industriais que comportam grandes tecnologias e entre civilizações que vivem de forma mais natural (sem contar o fato de misturar a fantasia com a ficção científica).

Apesar dos pontos levantados, a animação é belíssima e traz consigo uma linda mensagem. Vale a pena conferir! E aí? O que acha do filme? Nos conte!

 

Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   
 

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.