Parasita é um filme coreano de drama e suspense, com direção do aclamado Bong Joon Ho e estrelado por Song Kang Ho, Lee Sun Kyun, Cho Yeo Jeong, Choi Woo Shik e Park So Dam. Lançado em agosto de 2019 em seu país de origem, o filme chegou aos cinemas brasileiros em 07 de novembro com classificação indicativa de 16 anos.

Sobre o Enredo

A família Kim está enfrentando uma série de problemas financeiros quando Ki Woo recebe a oportunidade de ser o tutor de inglês de Park Da Hye, a filha de uma família endinheirada. Um plano é lançado e logo todos os Kim estarão infiltrados na mansão dos Park, mas as consequências serão cobradas muito em breve.

Está enraizada na trama uma crítica a desigualdade econômica e social. A diferença entre os Kim e os Park não está só na quantia de zeros em sua conta bancária, mas no comportamento e no modo em que enxergam o mundo, com a ingenuidade dos ricos e a criatividade dos pobres.

Elenco e Personagens

Ambas famílias são compostas por pai, mãe, filho e filha, com a diferença de que a família rica possui uma governanta, figura tão fixa que chega a se assemelhar a uma quinta integrante dos Park. Enquanto os ricos são esnobes e influenciáveis, os pobres chamam a atenção por sua perspicácia e carisma, sendo personagens quentes e envolventes que conquistam o público.

Song Kang Ho é um dos mais renomados atores do cinema coreano, mas o prêmio de excelência em Parasita fica com a jovem Park So Dam, no papel da pobre Kim Ki Jeong, que por sua vez interpreta Jessica, uma rica professora de artes com especialização em psicologia. So Dam é genial em sua transição entre as personalidades de sua personagem, entregando uma jovem fria e educada como Jessica, e o extremo oposto como Ki Jeong. Ambas performances incríveis.

Resenha | Parasita (2019)

Direção e Fotografia

Bong Joon Ho já é conhecido do público por filmes como Expresso do Amanhã (2013) e Okja (2017), que embora de gêneros distintos apresentam ótimas críticas e reflexões quanto às classes sociais e sistemas econômicos, tal como em Parasita, seu mais novo trabalho. Com este currículo, é fácil acreditar na qualidade do longa de 2019, que tem sido apontado por diversos críticos de cinema como a principal aposta para o Oscar de Melhor Filme Internacional, ainda mais após ter conquistado um Palma de Ouro no Festival de Cannes, onde estreou.

O diretor de fotografia é Hong Kyung Pyo, que executou um excelente trabalho em Em Chamas (2018) e volta a ação em Parasita para um trabalho meticuloso que brinca com cores, tons e iluminações para demonstrar o contraste que há entre as duas famílias também a nível visual, penetrando suas diferenças no sub-consciente do espectador.

Resenha | Parasita (2019)

Cenografia e Figurinos

Tais diferenças são retratadas, ainda, na cenografia do longa: os Kim estão sempre na sujeira e na escuridão, vivendo em um espaço apertado com péssimas condições, onde dividem moradia com insetos e o Wi-Fi roubado do vizinho só funciona no banheiro improvisado, mas a mansão dos Park foi projetada por um arquiteto renomado, com um quintal verde, cômodos espaçosos e mobílias luxuosas.

Mesmo suas roupas exclamam o quanto são diferentes, com os vestidos luxuosos da madame Park gritando “eu sou rica!” enquanto as vestes mal-cheirosas dos Kim quase entregam suas identidades — salvos pela ingenuidade e falta de criticidade.

Humor do Filme

Sendo um longa de drama e suspense, pode-se esperar uma narrativa um pouco mais lenta, mas nem por isso cansativa: em meio aos embrulhos no estômago causados pela construção da trama, seu desenvolvimento é cercado por pequenas ações graciosas e espontâneas que tiram risos do público, com um humor inconveniente e incorreto, mas que funciona muito bem com o humor do filme.

Passa longe, entretanto, de ser uma comédia, mas ajuda a elaborar os personagens principais e torná-los mais interessantes ao público, que se vê em um dilema mental por saber que suas ações são erradas, mas apoiá-los mesmo assim. E isso mexe com o espectador, mas é a intenção de todo o longa: convidar à reflexão enquanto entretém.

E você, o que achou do filme? Deixe seu comentário!

 

Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   
 

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.