Paternidade é um filme estadunidense de comédia e de drama de 2021 da Netflix. O longa é inspirado na história real de Matthew Logelin e no seu livro de memórias “Two Kisses for Maddy: A Memoir of Loss and Love”. O filme foi dirigido por Paul Weitz e escrito por Weitz junto de Dana Stevens. No elenco estão Kevin Hart, Melody Hurd, Alfre Woodard, DeWanda Wise, Lil Rel Howery, Anthony Carrigan, entre outros.

Enredo de Paternidade

Liz (Deborah Ayorinde) e Matt (Kevin Hart) estão prestes a ter sua primeira filha e mesmo com a cesárea adiantada, o parto ocorre normalmente e Liz dá à luz a Maddy. No entanto, algumas horas depois, Liz falece de embolia pulmonar, deixando Matt sozinho com Maddy.

Ninguém acredita que Matt irá conseguir criar Maddy sozinho, principalmente sua sogra Marian (Alfre Woodard), que insiste para que Matt lhe entregue Maddy ou que mude de volta para Minnesota. Matt nega os pedidos e diz que conseguirá sim, criar e cuidar de Maddy.

Anos se passam e agora Matt precisa rever sua relação com Maddy (Melody Hurd), e o quanto seu amor por sua filha e o luto por sua esposa impede os dois de encontrarem a verdadeira felicidade.

O filme mostra a jornada de Matt como pai, sobre os desafios de criar uma criança, mas mesmo sendo pai solteiro, Matt jamais está sozinho, sempre cercado pela família e amigos que o ajudam a cuidar de Maddy.

O filme possui alguns momentos cômicos, mas o verdadeiro tema do longa é sobre o desenvolvimento de Matt, com diversos momentos dramáticos.

Elenco e Personagens

Conhecido principalmente por filmes e personagens cômicos, Kevin Hart mostra que é um ator versátil no papel de Matthew Logelin. O ator consegue trazer para as telas um personagem destruído pela perda da sua esposa, mas ainda dedicado em criar sua filha, mesmo que na maior parte do tempo sozinho.

A química de Hart com Melody Hurd é ótima, e a pequena atriz cativa o telespectador como Maddy Logelin. Os dois formam uma ótima dupla de pai e filha.

Direção e Fotografia

Paul Weitz conseguiu trazer para as telas uma história emocionante e comovente, no entanto, alguns aspectos poderiam ser melhor explorados.

A passagem de tempo é muito rápida no longa, e seria interessante para o telespectador ver um pouco mais de Matt cuidando de Maddy ainda bebê, ver mais desafios que o pai solteiro teve que superar.

Além do mais, mesmo que o filme seja anunciado como uma comédia, há mais momentos dramáticos que engraçados no filme, e, embora seja um filme sobre a jornada de um pai solteiro, faltou alguns momentos cômicos que trouxessem alguma leveza para o longa.

Já a fotografia é muito bem feita, principalmente nos momentos de flashbacks.

Cenografia e Figurinos

A maioria dos cenários são típicos de cidades norte-americanas, sem muitas surpresas. Mas o quarto de Maddy, junto de suas roupas, mostram como a menina cresceu tendo apenas uma figura masculina na sua vida. Maddy gosta de usar cuecas e não suporta ter que usar saia para ir para a escola, o que gera alguns conflitos, mas seu pai sempre a apoia.

Paternidade é um filme sofre crescimento e amadurecimento de um homem que nunca se imaginou tendo que criar sua filha sozinho, além de sua jornada pelo luto. É um filme dramático, mas com uma belíssima mensagem sobre superação.

E você, já assistiu ao novo filme da Netflix? Conta o que achou nos comentários.


Experimente o Telecine por 30 dias grátis! Clique e confira!
Os Livros Mais Vendidos de Hoje: https://amzn.to/3nfT3tC
Roupas com Estampas Geek: https://amzn.to/38ykhrx
Quadros e Placas Decorativas Geek: https://amzn.to/3kjL8JR
Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"  

 

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.