Perdi Meu Corpo (J’ai Perdu Mon Corps) é a mais nova animação da Netflix. Dirigido por Jérémy Clapin, o filme foi lançado antecipadamente no Festival de Cannes de 2019, aclamado e premiado, e chegou à Netflix em 29 de novembro.

Confira o trailer antes de ler a resenha:

Sobre o Enredo

Duas narrativas se cruzam no filme: enquanto Naoufel se apaixona por Gabrielle e busca uma forma de ser independente, lutando contra as dores da perda dos pais, uma mão decepada escapa de um laboratório e inicia uma jornada pela cidade, determinada a encontrar seu corpo.

A trama é repleta de metáforas sobre existencialismo, luto, a transição para a vida adulta, expectativas e outros assuntos introspectivos que prometem tocar o fundo do seu coração. Entretanto, a abordagem simultânea é um pouco confusa, e alguns significados podem passar despercebidos se você não estiver 100% conectado com o filme — o que é um pouco difícil, considerando a narrativa um tanto lenta que, em certos pontos, chega a ser desinteressante.

Veja Também!  Resenha | O Farol (2019)

Perdi Meu Corpo J'ai Perdu Mon Corps

Direção e Fotografia

Entretanto, os pontos que perde por um enredo que não consegue cativar a todos são recuperados pelo traço da animação, digno de uma direção artística que, não a toa, está dando vários prêmios para Perdi Meu Corpo.

Longe dos traços delicados da Disney e Pixar, essa animação representa seu tom mais maduro e sombrio também em seu visual, com um design um tanto mais brusco, uso inteligente de sombras, cenários noturnos e até mesmo do preto e branco, presente nas cenas de flashback.

Humor do Filme

Tudo isso faz parte de um plano bem trabalhado para desenvolver o humor do filme, que passa longe de ser uma comédia divertida para ser assistida em família, revelando aquele lado das animações que leva o espectador à reflexão.

Veja Também!  Resenha | Kadaver (Original Netflix)

Tudo tem um significado, desde algo perceptível como um surrealismo presente na personagem Mão ou Mosca, até algo mais discreto, como o motivo por trás das cores escolhidas para as cenas.

Se você gosta de filmes que te tiram da zona de conforto e o levam a refletir sobre a vida, está mais do que na hora de conferir Perdi Meu Corpo.

Já assistiu? Diga nos comentários o que achou do filme!

Na UOL Play você pode assistir aos melhores filmes e séries sob demanda, além de vários canais de TV por assinatura. Tudo isso no mesmo lugar. Gostou? Experimente por 7 dias grátis! Clique e confira!
Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"  
Veja Também!  Resenha | Borat (2006)


 

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.