Lançado em 2008, Ponyo: Uma Amizade que Veio do Mar (崖の上のポニョ) é uma animação de fantasia escrita e dirigida por Hayao Miyazaki, o mestre por trás do Studio Ghibli.

Enredo

Sousuke mora numa casa de farol perto do mar. Um dia ele encontra um estranho peixinho preso em uma garrafa e decide ajudá-lo, sem imaginar que se tratava de Ponyo, a filha da deusa do mar que literalmente moverá oceanos para ter sua pequena de volta.

Entretanto, Ponyo está mais ocupada a utilizar sua magia para se transformar em humana e viver em terra firme com seu novo amigo. Enquanto isso, os pais de Ponyo acabam prejudicando o vilarejo de Sousuke enquanto tentam recuperar sua filha, e os dois precisarão se unir para salvar o dia antes que seja tarde demais.

A semelhança com A Pequena Sereia não é coincidência: Miyazaki realmente se inspirou no popular conto de Andersen para criar o enredo do filme, que conta ainda com base na lenda japonesa Urashima Taro, sobre um pescador que salvou uma tartaruga marinha de jovens malvados sem saber que ela era a filha do Imperador do Mar e, no dia seguinte, recebeu dela as honras de poder visitar o fundo do mar como forma de agradecimento.

Personagens e Dubladores

O personagem Sousuke foi inspirado no próprio filho do diretor, Gorō. com quem teve uma relação não muito amigável por, devido ao trabalho, ter sido um pai muito ausente durante o crescimento do garoto que hoje tem 53 anos. Muitos descrevem Ponyo como um esforço de Miyazaki em se desculpar com seu filho e tentar se aproximar dele.

Ponyo tem seu nome inspirado em uma onomatopeia criado pelo próprio Miyazaki, com base em sua percepção de como seria o som ao tocar em uma superfície suave e macia. Sua aparência fofinha e gordinha também traz essa representação para os planos visuais da personagem, cujas ações também são puras e abraçam a alegria e simplicidade do universo infantil.

A voz original japonesa de Ponyo é de Yuria Nara, enquanto Sousuke é dublado por Hiroki Doi. Uma curiosidade é que ambos eram crianças na época, dando maior força e graça ao filme que se esforça ao retratar a infância. Nascidos em 1999, hoje os jovens têm 20 anos.

Direção e Técnicas de Animação

O Studio Ghibli também se rendeu às facilidades da computação gráfica, mas deixou o CGI de lado para trabalhar na arte de Ponyo: Uma Amizade que Veio do Mar.

Com o diretor de animação Katsuya Kondō e o diretor de arte Noboru Yoshida, muitas coisas foram desenhadas à mão pelo próprio Miyazaki, que se envolveu principalmente com a arte das ondas marítimas a fim de garantir maior controle sobre as expressões dos desenhos. Ao todo o filme teve 170000 quadros, um recorde para o diretor/animador.

Resenha | Ponyo: Uma Amizade que Veio do Mar (2008)

Os traços também tiveram algumas inspirações na vida real, com ambiente baseado na cidade de Tomonoura, no Japão, visitada por Miyazaki em 2005. Também é descrito que parte do cenário foi inspirado na ópera de Die Wagüre, de Richard Wagner, tal como sua trilha sonora.

E assistir ao filme Ponyo: Uma Amizade que Veio do Mar está ainda mais fácil em 2020, com a animação disponível na Netflix Brasil!

Já viu? Conta pra gente nos comentários o que você achou do filme!

Na UOL Play você pode assistir aos melhores filmes e séries sob demanda, além de vários canais de TV por assinatura. Tudo isso no mesmo lugar. Gostou? Experimente por 7 dias grátis! Clique e confira!
Experimente o Telecine por 30 dias grátis! Clique e confira!
Os Livros Mais Vendidos de Hoje: https://amzn.to/3nfT3tC
Roupas com Estampas Geek: https://amzn.to/38ykhrx
Quadros e Placas Decorativas Geek: https://amzn.to/3kjL8JR
Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"  

 

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.