Procura-se um pai é o mais novo filme mexicano original da Netflix. O título tem cerca de 1h40 e tem classificação indicativa para maiores de 12 anos. O elenco traz Natalia Coronado, Juan Pablo Medina, Silvia Navarro e outros. A proposta dele é mais um drama pra família. Confira a ficha técnica do filme aqui.

Enredo de Procura-se um pai

 

O filme conta a história de Blanca (Natalia Coronado), uma filha única de uma cineasta bem sucedida, interpretada por Silvia Navarro. A garota tem doze anos e apaixonada por corridas de bicicleta, porém, é proibida de participar por conta de um acidente que aconteceu com seu pai e acabou levando-o a óbito. Porém, no momento em que uma grande competição surge, ela faz de tudo para participar. Por fim, acaba contratando um ator para interpretar seu pai e inscrever-se no concurso.

O ator em questão é Alberto (Juan Pablo Medina), que está longe dos sets por escolha própria. Por conta de um trauma relacionado ao seu trabalho, ele se recusa a ajudar Blanca de início. No entanto, a garota acaba ganhando sua confiança e vemos uma verdadeira relação de pai e filha surgir entre uma garota órfã de pai e um pai órfã de sua filha.

Veja Também!  Onde Assistir | Série Sneakerheads online

O enredo é de Javier Colinas, que também assina a direção. E é bem legal a forma como ele abordou o assunto, a delicadeza da apresentação dos fatos. Por mais que não tenha havido uma exploração muito afundo dos traumas de ambos os protagonistas, foi completamente possível nos conectarmos à história e ficarmos vidrados na tela. Sem dúvidas, é um título de sessão da tarde, mas é daqueles que a gente chora no final. Afinal, observando pelo ponto de vista de um filme de família com uma proposta mais leve, ele é sim um ótimo título.

Elenco e personagens

O filme foca mais em Blanca e Alberto, e são as nossas “vítimas” da história. Mas também tem a mãe de Blanca, que é uma personagem tão machucada quanto. Todos são muito bem construídos. Dá para entender logo de início suas motivações, traumas e desejos e a conexão é tão rápida quanto a absorção da personalidade deles. Isso é muito positivo para esse formato de narrativa.

Veja Também!  Resenha | Lady Bird - A Hora de Voar (2017)

As atuações são ótimas, principalmente da mãe de Blanca e de Alberto. Mas ambos os atores já são nomes muito bem vistos no México. Natalia também dá um show. Vemos a garota ir da rebelde explosiva à menina de personalidade forte que ela é, mas sem ser impulsiva.

Direção e fotografia de Procura-se um pai

A direção, também de Javier Colinas, é no estilo mais simples, com um enquadramento em plano médio ou plano inteiro quando necessário. Ainda, nas cenas em que Blanca faz manobras e anda de bicicleta, a captura de cenas também é bem feita.

Já a fotografia traz alguns pontos interessantes. Ela conversa diretamente com os sentimentos de Blanca. Um exemplo é a clara mudança de temperatura mais quente para mais fria na película quando ela está em um momento feliz com Alberto e de repente vê sua mãe. Isso age na percepção do público da história, auxiliando no entendimento do peso emocional da cena. É um ponto muito positivo e inteligente.

Veja Também!  Resenha | O Impossível (2012)

Cenografia e figurinos

Os figurinos ficam mais restritos ao uniforme de Blanca ou às roupas mais descoladas dela, que combinam com sua personalidade. Alberto já traz roupas mais escuras, como se de fato estivesse sempre de luto. São pontos bem simples, mas fazem diferença. E a cenografia é mais simples ainda, fica restrita à praça do bairro de Blanca, o quarto dela, a escola, e o apartamento de Alberto.

Em conclusão, o filme merece muito seu tempo. Ele é leve, interessante e realmente traz um envolvimento emocional.

E então, você já assistiu a Procura-se um pai? Conta pra gente o que achou!


Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"  
 

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.