O cinema espanhol costuma nos presentear com obras intensas e belíssimas, muito diferentes do que estamos acostumados a assistir. Quem Você Levaria para uma Ilha Deserta? não decepciona e se encaixa nessa descrição. É um filme muito simples, mas intenso. Escrito e dirigido por Jota Linares, baseado em sua peça de teatro de mesmo nome, mostra os dramas vividos pelos quatro amigos Marta (María Pedraza), Celeste (Andrea Ros), Eze (Pol Monen) e Marcos (Jaime Lorente). Decisões e mudanças fazem suas vidas tomarem caminhos completamente diferentes. Na última noite juntos, eles decidem comemorar e acabam bebendo demais. O álcool, misturado a uma brincadeira feita por Celeste, dá início a uma série de confissões que podem por em risco seus relacionamentos. Um segredo pode ser responsável por reviravoltas intensas nas vidas dos personagens.

A narrativa de Quem Você Levaria para uma Ilha Deserta? é lenta, mas não deixa o filme cansativo. Por ser inspirado em uma peça de teatro, é compreensível que seja assim, afinal, são linguagens, ritmos e estilos de atuação diferentes. Essa cadência é necessária para que possamos conhecer os personagens e observar tanto as suas mudanças quanto a mudança de intensidade do longa. Este se mostra calmo e um tanto sem graça até a metade, quando há uma mudança muito significativa e tudo é jogado de uma só vez no espectador.

Veja Também!  Ficha Técnica | O Crime de Alcácer - 1ª Temporada (Original Netflix)

A direção se destaca de forma muito positiva. Jota Linares soube, com competência, adaptar a peça para a linguagem do cinema, sem perder a essência do teatro, a qual encontramos em algumas partes do filme, como nas atuações, no cenário e na fotografia. Esta é um dos maiores destaques da obra. A alta temperatura indicada no início do filme, que está provocando um calor praticamente insuportável na Espanha e está incomodando tanto as pessoas, é destacada pelos tons quentes da fotografia. Esta é capaz de nos aproximar dos personagens e nos dá a impressão, algumas vezes, de estarmos muito perto, quase dentro do filme. É possível perceber todas as expressões dos atores, tudo parece ser feito para que nada escape dos nossos olhos.

Veja Também!  Onde Assistir | Documentário O Crime de Alcácer online

As atuações são, sem dúvidas, o melhor elemento do longa. Todos trabalham muito bem e conseguem mostrar as mudanças significativas de seus personagens. Eles conseguem dizer absolutamente tudo apenas com o olhar, não precisariam falar nada. Jaime Lorente e Pol Monen têm olhares intensos e passam muita veracidade em cena. Andrea Ros também atua muito bem. O destaque vai mesmo para María Pedraza, que, apesar de possuir uma personagem com uma carga dramática menor que a dos outros, cresce, no filme, de uma forma surpreendente. É uma atuação simples, bonita, sem exageros. É muito interessante a forma como seu olhar muda e como ela consegue passar todas os sentimentos da personagem através dele. Sua cena final conseguiu me emocionar.

Veja Também!  Confira 18 filmes com doguinhos que vão derreter seu coração

Quem Você Levaria para uma Ilha Deserta? é um filme simples, mas muito interessante. Todos os seus elementos se encaixam perfeitamente, e o resultado é surpreendente. Parece um filme bobo, mas não é, tem muito a dizer. Fala sobre mudanças, escolhas, recomeços, planos, mentiras, verdades e relacionamentos. É impressionante como uma simples noite pode mudar a vida inteira de uma pessoa.

 
Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   
 

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.