Há muitas coisas que podem ser ditas sobre o documentário de bastidores da Netflix, Reta Final.  A principal da produção é a de explorar uma gama extremamente diversa de tópicos, o que é um presente e uma maldição, na verdade.

Por um lado, é fascinante ver a NASA se preparando para derrubar uma sonda espacial em um planeta. Mas por outro lado é muito difícil ter a mesma empolgação sobre um concurso de cachorro.

A série foi criada pelo renomado documentarista Andrew Rossi, e ele pessoalmente dirige três episódios. Temos o show canino, a missão Cassini da NASA. Temos também mais uma hora narrando a produção da coleção de alta-costura e desfile da Chanel na primavera de 2018.

Veja Também!  Confira 5 curiosidades sobre a série Lie to Me!

Se você está se perguntando o que isso tem a ver com a reabertura do Eleven Madison Park, o Kentucky Derby ou um torneio League of Legends, a pista está no título. Reta Final atua na semana anterior a um grande evento em indústrias diametralmente opostas, de moda e comida a esportes e espaço competitivos.

O ponto, supõe-se, é destacar as semelhanças entre especialistas e visionários que comprometem suas vidas inteiras com a busca de um objetivo específico.

Mais uma vez, é um presente e uma maldição. Enquanto o período de uma semana está maduro para o drama e o pânico de última hora, também não deixa muito espaço para realmente explorar o processo de como essas pessoas variadas se tornaram quem são e porque fazem o que fazem.

Veja Também!  Resenha | O Sangue de Zeus - 1ª Temporada (Original Netflix)

Reta Final traz os 7 dias finais de eventos sem relação, mas relacionados pela dramaticidade

As comparações que Reta Final desenha tendem a ser óbvias e reiterativas. Sim, é estressante nos últimos dias antes de um evento seminal. Isso não é revelador. É nos detalhes que o documentário se destaca.

Temos marcos culturais diversificados realmente desempenhando o seu papel. Sabemos que o ponto da série é uma semana de trabalho, fato. Mas há um prazer único em ser capaz de se infiltrar em um evento tipicamente frio e impessoal.

Cada episódio tem o mesmo senso de acesso sem precedentes que é impressionante, quando você pensa sobre isso. É nesse sentido que o formato parece limitado. Seria mais interessante ver um nível maior de confiança e esquecer a presença da câmera. Isso poderia ser ao menos durante um período pouco singularmente focado.

Veja Também!  Confira 5 curiosidades sobre The Boys!
Na UOL Play você pode assistir aos melhores filmes e séries sob demanda, além de vários canais de TV por assinatura. Tudo isso no mesmo lugar. Gostou? Experimente por 7 dias grátis! Clique e confira!
Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"  

 

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.