Chegou à Netflix em 30 de abril de 2020 o filme Ricos de Amor, nova comédia romântica brasileira original da plataforma com direção de Bruno Garotti, 105 minutos de duração e classificação 12.

Confira o trailer de Ricos de Amor logo abaixo:

Enredo de Ricos e Amor

Na trama, Teto é o filho do Rei do Tomate, o dono de uma grande fábrica de tomates e derivados. Ele está destinado a herdar tudo, mas não quer que as coisas venham de mão beijada e, para mostrar o próprio valor, se mete em uma cilada ao trocar de identidade com o melhor amigo durante o estágio na empresa.

As coisas se complicam à medida em que seu relacionamento com Paula ganha novas cores. A garota é uma estudante de medicina pé no chão, e esse monte de mentiras pode colocar tudo a perder.

O roteiro é o típico clichê das comédias românticas, com um diferencial que agrega muito valor à obra: a brasilidade. Além de ser um filme produzido no Brasil e estrelado por brasileiros, a trama aborda narrativas muito presentes no cotidiano dos jovens locais, além de deixar o “príncipe encantado” com a cara da nacionalidade no maior conceito agroboy.

Elenco e Personagens

Danilo Mesquita, conhecido de grandes novelas brasileiras, já está em sua segunda produção original Netflix: o astro também estrelou Spectros, série de terror juvenil ambientada em São Paulo que foi lançada há pouco tempo. Giovanna Lancellotti faz sua estreia na plataforma de streaming, mas já é querida do público tanto por suas novelas quanto por filmes divertidos, como Eu Sou Mais Eu (2019).

Teto, personagem de Danilo, é bastante caricato: uma mistura perfeita dos personagens de Caio Castro com os de Noah Centineo, o que o torna um tanto irritante e de ações egoístas, mas ainda impossível de odiar por, pela síndrome de protagonismo, ter uma ótima reviravolta na história.

Já Lancellotti deixa de lado a mocinha indefesa para fazer de Paula uma mulher forte, independente e dedicada aos estudos e ao sonho de exercer a profissão, mas nem por isso deixando de lado o romantismo. Menos caricata, mas também menos intrigante.

Direção e Fotografia

O filme é dirigido por Bruno Garotti, já conhecido por outras produções nacionais como Tudo Por Um Pop Star (2018) e Cinderela Pop (2019), além de roteirizar Amor.com (2017), onde se aproximou do gênero comédia romântica. Seu novo projeto traz grandes semelhanças com as produções estrangeiras do estilo, e fica claro não só em seu enredo, mas em sua fotografia.

O filme apresenta incríveis paisagens cariocas com a mesma graça dos filmes hollywoodianos, em takes que pareceram pensados exclusivamente para aquele pôr-de-sol colorido. Neste sentido, conversa ainda com a cenografia.

Cenografia e Figurinos

Seja nas grandes e divertidas festas, na neutralidade tecnológica das empresas ou na realidade das favelas, os cenários são grandes personagens na narrativa, passando até mesmo por desenvolvimentos ao longo do filme, em um trabalho minucioso que eleva o nível da produção.

Ao contrário os figurinos estão li somente de acompanhantes para as situações, e não se destacam em momento algum: sempre simples, discretos e condizentes, conversam com o personagem sem roubar a cena.

E se você ficou interessado, aproveite: Ricos de Amor está disponível para ser assistido diretamente pela Netflix.

Já viu? Conta pra gente nos comentários o que você achou do filme!

Na UOL Play você pode assistir aos melhores filmes e séries sob demanda, além de vários canais de TV por assinatura. Tudo isso no mesmo lugar. Gostou? Experimente por 7 dias grátis! Clique e confira!
Os Livros Mais Vendidos de Hoje: https://amzn.to/3nfT3tC
Roupas com Estampas Geek: https://amzn.to/38ykhrx
Quadros e Placas Decorativas Geek: https://amzn.to/3kjL8JR
Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"  

 

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.