Segunda Chance: Rivais é um filme de 2019 de drama adolescente, o responsável pela direção e roteiro do filme é o Clay Glen. O filme é estrelado por Emily Morris, Stella Shute, Adam Tuominen. Dia 23 de julho ele foi adicionado ao catálogo da plataforma de streaming Netflix.

Enredo de Segunda Chance: Rivais

Segunda Chance: Rivais é uma sequência do drama de ginástica australiano de 2011, A Second Chance, com muitos atores do elenco original.

Situado 10 anos após os eventos do filme original, a ex-ginasta Maddie Cornell (Emily Morris) está passando por uma crise pessoal após um grave acidente na trave encerrar seu sonho olímpico. Para se recuperar física e emocionalmente, Maddie busca refúgio no campo do Sul da Austrália, ficando com a amiga da família Beverly (Carmel Johnson), que treina a equipe de ginástica local.

Aos poucos Maddie vai se lembrando da sua verdadeira paixão e ficando inspirada para treinar as meninas da ginástica local que vão competir contra rivais fortes e difíceis de serem derrotadas, para isso, acabam contando com a ajuda essencial de Maddie.

Veja Também!  Ficha Técnica | Três Histórias de Amor (Original Netflix)

O filme é amplamente baseado na ginástica, mas faz um bom trabalho em manter as coisas menos técnicas. Também tenta abordar certos tópicos importantes, especialmente entre as meninas pré-adolescentes. O filme inclui e aborda o bullying, o ódio cibernético, os transtornos alimentares, a imagem corporal, as inseguranças e a morte. Embora, mesmo ao abordar esses temas, tenha-se em mente que o público-alvo são, obviamente, as meninas. Portanto, as coisas são mantidas simples e leves, mas prolongadas o suficiente para deixar um, ainda que leve, impacto.

Elenco e personagens

A atriz principal e original do primeiro filme Emily Morris faz um papel mediano, mesmo o filme tendo um público mais novo, ela não tem carisma e não ganha o amor do telespectador.

Veja Também!  Confira as novidades da semana na Netflix (19/09 – 25/09)

É importante mostrar como o papel de Maddie Cornell é inspirador para jovens que assistam o filme, isso porque ela mostra uma história de superação e amor pelo o que faz.

Direção e fotografia

A direção de Clay Glen focou de fato em um público mais novo, até o desenvolvimento das cenas é devagar, como se o público precisasse de tempo para acompanhar a trama.

A fotografia do filme é bem saturada e com umas vasta paleta de cores.

Cenografia e figurinos

A cenografia do filme não conta com grandes destaques e a maior parte do longa é apresentado dentro do ginásio de ginástica artística.

Uma parte importante são os figurinos das ginastas, collants bem trabalhados e que chama a atenção.

Veja Também!  Resenha | BAC Nord: Sob Pressão (Original Netflix)

E você já assistiu Segunda Chance: Rivais? Conta para mim nos comentários!


Experimente o Telecine por 30 dias grátis! Clique e confira!
Os Livros Mais Vendidos de Hoje: https://amzn.to/3nfT3tC
Roupas com Estampas Geek: https://amzn.to/38ykhrx
Quadros e Placas Decorativas Geek: https://amzn.to/3kjL8JR
Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"  

 

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.