Seis Vezes Confusão é um filme de comédia, protagonizado pelo ator Marlon Wayans, original da Netflix. A produção que é dirigida por Michael Tiddes e produzida por Rick Alvarez, Nathan Talbert Reimann e Marlon Wayans, estreou na plataforma em 16 de agosto de 2019 e tem classificação indicativa de 12 anos.

Sobre o Filme

Prestes a se tornar pai, Alan quer descobrir a sua origem, pois não conhece seus pais. Com a ajuda do seu sogro, um juiz influente, consegue descobrir o nome de sua mãe e vai procurá-la. Chegando ao local,é recebido por Russell e fica sabendo que tem um irmão gêmeo. Além disso, é informado a ele que sua mãe morreu.

Após se deparar com uma caixinha escondida, encontra um jornal antigo e certidões de nascimento que, para a surpresa dos dois, mostra que além deles, existem mais quatro irmãos, e eles são sêxtuplos. Os outros irmãos são: Ethan, Baby Pete, Dawn e Jaspar.

Os dois irmãos seguem em busca dos demais, enquanto a esposa de Alan, Marie, fica em casa. Nesta jornada para conhecer a sua família, ele descobre que mesmo que os seis sejam parecidos na aparência, são muito diferentes na personalidade. Também chega a conclusão que deve dar mais valor a sua esposa e a futura filha.

Comparação com Eddie Murphy

Primeiramente, não é spoiler dizer que os seis irmãos são interpretados por Marlon Wayans. Sabemos que esta família é carregada de artistas, os mais famosos são os irmãos de Marlon, Shawn Wayans (As Branquelas) e Damon Wayans (Eu, a Patroa e as Crianças), então sabemos que o ator tem potencial.

Veja Também!  Netflix | 10 dramas coreanos que ainda não chegaram no Brasil

Quando eu penso em filmes que um mesmo ator interpreta diversos personagens, vem na minha cabeça o nome de Eddie Murphy. Bastante conhecido por interpretar três personagens no filme Norbit, para mim se destacou na produção de 1988, Um Príncipe em Nova York.

Se me permitem comparar este último filme citado com Seis Vezes Confusão, acredito que o maior acerto no filme protagonizado por Murphy é o fato de que ele consegue balancear bem seus quatro personagens, o que não fica muito forçado, além disso, ele divide a cena com o também versátil Arsenio Hall e vários outros atores, enquanto o protagonista deste filme, praticamente carregou o filme sozinho. Poucos foram os momentos em que apareceram outros atores, a maioria das vezes era Marlon contracenando com Marlon.

Quero deixar claro que não estou desmerecendo a coragem e o profissionalismo dele em interpretar diversos personagens com características diferentes. Apenas acredito que faltou alguém para dividir o holofote com ele, e não nego que o nome que me vem na mente, por razões óbvias, é o de seu irmão Shawn, afinal, estamos acostumados a ver os dois juntos em cena (As Branquelas – O Pequenino).

Veja Também!  Resenha | Celeste e Jesse para Sempre (2012)

Em entrevista ao UOL, o artista falou da dificuldade que foi a caracterização dos personagens, o trabalho excepcional feito para que os personagens pudessem interagir soando de maneira natural. Por fim, disse que acredita que Murphy ficará orgulhoso do seu trabalho, e eu acredito que ficará mesmo.

Quanto ao enredo, a história não é tão engraçada como acreditei que seria, além disso é bem lenta. Como eu disse, acredito que com a adição de mais atores, a história ficaria mais dinâmica.

O trabalho feito pelos maquiadores, equipe de fotografia e cenografia é muito bom, mostrando alto investimento e profissionalismo dos envolvidos. Marlon Wayans demonstrou que pode ser versátil e comprometido.

Os filmes UM PRÍNCIPE EM NOVA YORK, NORBIT, O PEQUENINO e AS BRANQUELAS estão disponíveis para assistir na Netflix.

Atuação de Wayans e Figurino dos Sêxtuplos 

Como já dito nesta resenha, o filme é composto quase que 100% por Wayans. Por esta razão, vou expor minha opinião sobre a atuação feita por ele dos personagens e falar um pouco da caracterização.

Interpretando Alan, ele traz em cena um personagem mais sério, bem diferente do que estamos acostumados a ver. Este personagem é um futuro pai de família e se veste de maneira normal e discreta. Quando dá vida à Russell, ele começa a trazer o lado caricato que será desenvolvido ao longo da construção dos outros personagens. A equipe transforma Wayans em um personagem acima do peso e com personalidade mais boba, ingênua.

Veja Também!  Ficha Técnica | Maradona no México - 1ª Temporada (Original Netflix)

Dawn, a única mulher entre os irmãos, talvez seja a mais caricata de todos, usa roupas chamativas, é uma pessoa encrenqueira e até escandalosa. Baby Pete mostra uma faceta mais frágil, com corpo adoecido, pequeno e magro, porém ele não é tão frágil assim (não quero dar spoilers).

Ethan, aparentemente é o mais parecido com Alan, porém o vestuário ao mesmo tempo que é social, com terno e gravata, é casual, usando lenços na cabeça, por exemplo. Sua personalidade é extremamente oposta ao do seu irmão. Finalizando, Jaspar é um homem misterioso, sombrio e diferente, tem cabelos ruivos e usa óculos. Além de interpretar os seis personagens, Marlon tem um outro destaque no filme.

É inegável que por mais que o enredo não seja tão interessante, todo este trabalho do ator deve ser elogiado, pois, se interpretar um personagem não é fácil, imagine seis. Desta forma podemos dizer que foi uma boa atuação dele.

E aí, já assistiu Seis Vezes Confusão? Conta pra gente o que achou!

 

Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   
 

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.