Anúncios

Serei Amado Quando Morrer é um documentário sobre a obsessão particular de Orson Welles e a última década de sua carreira. Não é um making-of tradicional, e sim, um retrato da vida do cineasta.

O filme narra a produção de outro filme de Orson, “O outro lado do vento”, que foi filmado entre 1970 e 1976 e agora está disponível na Netflix.

Também diz muito sobre o homem por trás de tudo. Como artista atraído pela vanguarda, Welles estava nitidamente à frente de seu tempo – e possivelmente ainda à nossa frente – imaginando um filme feito inteiramente do que ele chamava de “acidentes divinos”.

O diretor, Neville, estrategicamente usou filmagens em preto e branco de forma excêntrica com rostos capturados em ângulos peculiares. Ele foi cuidadoso em evitar que o filme caísse na hagiografia (biografia da vida de algum santo).

Veja Também!  Resenha | Cities of Last Things (Original Netflix)

Serei Amado Quando Morrer é um documentário complicado de entender a essência

Em Serei Amado Quando Morrer, Neville consegue levantar pelo menos uma dúzia de teorias igualmente perspicazes sobre o método de trabalho de Welles, mas acaba tendo fontes constantemente contraditórias entre si.

Isso porque ele se baseia em entrevistas com a equipe e atores, bem como cenas de bastidores. O documentário explora a criação de “O outro lado do vento”, menos a mecânica de sua restauração. Mas também concentra-se igualmente na mitologia de Welles.

Neville inclui clipes de Orson falando sobre suas expectativas antes de começar a produção. Ele pretendia que o filme fosse seu filme de retorno de Hollywood.

Em vários dos clipes, filmados no final da década de 1960, ele diverte um grupo de jornalistas. Descreve o filme como diferente de tudo que já se viu. Talvez como uma combinação de documentário, improvisação, filmes dentro de filmes e assim por diante.

Veja Também!  Netflix | Descubra 5 dramas sobre culinária asiática

Em qualquer caso, é um documentário complicado, tomando pistas da esquisitice de Welles na década de 1970.

 

 

 

Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   
 

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.