Produzido pelo Studio Ghibli, o filme O Serviço de Entregas da Kiki (魔女の宅急便, Majo no Takkyūbin) é um filme japonês de animação, dos gêneros drama e fantasia, originalmente lançado em 1989.

Confira o trailer:

Sobre o Enredo

Segundo a tradição, bruxas precisam deixar a casa de suas famílias ao completarem 13 anos para criarem independência. A história acompanha a jornada de amadurecimento de Kiki que, ao lado de seu gato preto, Jiji, se muda para uma nova cidade onde irá descobrir seu dom: ajudar pessoas com um serviço de entregas. Daí o nome do filme.

Voando em sua vassoura, a jovenzinha entrega compras e presentes por toda a cidade, enquanto aprende mais sobre si mesma e sobre a vida em sociedade. Nem sempre é fácil ser uma bruxa em meio aos humanos, e ambos os lados têm muito a aprender com essa convivência.

Personagens e Elenco

Com seu espírito aventureiro, mas ainda cercada pelas incertezas do início da adolescência, Kiki é uma personagem doce e muito dedicada em realizar sua missão com grande honra. Jiji, seu fiel companheiro, é uma figura de grande importância para ela, como uma espécie de conselheiro (embora nem sempre suas opiniões sejam das mais sábias, divertindo ao público).

Alguns outros personagens ganham importância na narrativa, com Osono, quase uma fada madrinha; Ursula, uma amiga inesperada; e Tombo, com quem tem uma relação de amor e ódio bastante juvenil e refrescante. Todos são essenciais para o amadurecimento da protagonista.

O Serviço de Entregas da Kiki

Kiki é dublada por Minami Takayama, em Japonês, e por Flávia Saddy na versão brasileira, enquanto quem dá a voz ao Jiji é Rei Sakuma e, no Brasil, o grande Guilherme Briggs (enquanto o gato ganha um novo mais abrasileirado, mas de pronúncia extremamente semelhante: Didi).

Direção e Animação

Hayao Miyazaki retorna para o roteiro e direção de mais uma obra impecável. A história é inspirada no livro de mesmo nome de Eiko Kadono, com ilustrações de Akiko Hayashi, mas o traço original e em preto e branco do artista não foi seguido na animação, que se rendeu ao estilo Ghibli que é marca registrada ainda hoje.

Para quem já viu alguma outra obra do estúdio, é clara a dedicação que há em trazer para as telas o encontro do realismo com a fantasia, apresentando narrativas incríveis que transcendem para além do roteiro, em toda a sua direção de arte.

O Serviço de Entregas da Kiki

Cenografia e Figurino

Nas cenas sobrevoadas, paisagens aéreas de cidades ilhadas são extremamente lindas, mas nem em terra firme não deixam em nada a desejar: cada casa, loja ou rua são belíssimas, com o selo Ghibli de qualidade ativado inclusive nos mínimos detalhes, como o nome da padaria em que Kiki trabalha, Gütiokipänjä, um trocadilho com panya (padaria, em japonês) e guchokipa, outro nome para o “jankenpo”, brincadeira originalmente japonesa.

Para dar vida a Kiki, algumas características do livro foram mantidas, como o vestido largo e preto da personagem título, além de seu lindo laço na cabeça, que dá a ela um toque feminino e juvenil que realça a pureza da narrativa, e acabou se tornando um ícone da cultura pop.

Afinal, o Studio Ghibli por inteiro se tornou um ícone da cultura pop. Suas animações, tanto as antigas quanto as atuais, são aclamadas ao redor de todo o mundo, e não é a toa: a qualidade delas é incomparável, e O Serviço de Entregas da Kiki é mais uma prova disso.

Para quem nunca viu o filme, está mais fácil do que nunca: a animação está disponível na Netflix Brasil!

E você, o que achou de O Serviço de Entregas da Kiki? Conta pra gente nos comentários!


 
Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   
 

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.