A quarta e última temporada de Skam nos entrega uma protagonista muçulmana. Sana Bakkoush, interpretada por Iman Meskini, é personagem recorrente desde a primeira temporada.

Sua história, assim como as das outras temporadas, tem um fundo crítico. Vemos o mundo pelos olhos de uma garota que não é como as outras, mas que, ao mesmo tempo, é. E isso é exatamente o que Julie Andem nos concede em roteiro e direção.

Julie trabalha a questão religiosa de forma delicada em Skam

Intolerância religiosa e bullying, essas são as temáticas que são trabalhadas nos episódios. Sana tenta equilibrar sua vida e sua fé, passando por problemas terríveis na escola. Além disso, também está apaixonada pelo melhor amigo de seu irmão, o que gera outro dilema: o garoto não compartilha mais dos mesmos princípios que ela.

Veja Também!  Kyoto Animation | 10 animes imperdíveis do estúdio

Ao longo dos episódios, ela precisa manter-se firme uma vez que suas colegas da escola a excluem cada vez mais das atividades envolvendo a “formatura”.

E também vemos a família preocupada com a garota o tempo todo. Inclusive, seu irmão pede que pare de usar o hijab, mas ela se recusa. A temática religiosa foi muito bem abordada por Julie por trazer uma narrativa simples e explicativa do que é ser muçulmano.

Além disso, há o interesse amoroso de Sana, Yousef (Cengiz Al). Olhares são trocados a todo o momento durante os episódios e a química entre os atores é incrível. Mas já adianto: quase não ocorrem toques em respeito à religião de Iman. Porém isso não faz a menor falta devido à competência de ambos.

Veja Também!  Resenha | O Rei Leão (2019)

Por fim, a relação de amizade entre Sana e as garotas é muito exaltada, mostrando a importância que tal interação tem para a menina e como elas se apoiam.

Sobre o visual da quarta temporada

O figurino traz mais enfoque às roupas estilosas de Sana e dos amigos de seu irmão, estilo esse que também acaba sendo impresso na trilha sonora repleta de rap americano. Já no cenário, temos os mesmos locais de sempre, com a diferença de que agora há mais da casa da garota sendo mostrada.

Por fim, a fotografia continua com a mesma película pouco saturada das temporadas anteriores, mas com um fundo mais amarelado. Além disso, o enquadramento mostra-se mais fechado também.

Veja Também!  Onde Assistir | Série Typewriter online

A quarta temporada de Skam trabalhou brilhantemente as temáticas propostas. Além de seus personagens trazerem um estilo único e o trabalho de elenco ter sido realmente muito bom. Julie nos trouxe uma Sana bem diferente da garota sarcástica que víamos nas outras temporadas ela está bem mais sensível e vulnerável.

 

Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   
 

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.