Brian Regan deu o pontapé inicial na sua própria espécie de sitcom dos anos 90. Standup and Away! With Brian Regan é uma série de quatro episódios de cerca de 25 minutos da Netflix.

Regan é acompanhado por Beth (Beth Triffon) em cada monólogo. Suas discussões inspiram o comediante a elaborar a premissa original. Com o adicional da produção executiva feita por Jerry Seinfeld, metade do sucesso deveria estar garantida. No entanto, parece que o formato não agrada muito.

O desapontamento com Standup and Away! With Brian Regan acontece pelo fato de cerca de 90% do material ser reciclado. A comédia é uma seleção das suas esquetes mais clássicas. A coisa toda é engraçada, Brian é engraçado, mas ficou faltando alguma inovação, alguma novidade. Se você não conhece o trabalho do comediante antes desse programa, pode ser que encontre uma graça maior no decorrer dos minutos.

Veja Também!  Titãs | 4 possíveis histórias que podem ser abordadas na segunda temporada

Standup and Away! With Brian Regan não é novidade para quem conhece o comediante, mas não é de todo ruim

Talvez, parte desse “problema” seja pelo fato de estarmos acostumados com um tipo diferente de comédia. Enquanto outros stand-ups obtiveram fama e notoriedade consideráveis ​​em acordos com sitcom, o comediante Brian Regan manteve-se em grande parte no palco. Regular no circuito de clubes de comédia desde os anos 80, Regan vem excursionando constantemente e desenvolvendo seguidores leais por seu ato de profanação. Coisa rara nos dias de hoje.

Um ponto positivo de Standup and Away! With Brian Regan é que ele desenvolve a reputação de “trabalho limpo”. Ao contrário dos comediantes mais emblemáticos da história da arte, Brian não usa linguagem provocativa e situações como modelo para o seu humor.

Veja Também!  O Mundo Sombrio de Sabrina | Como a série estragou Ambrose Spellman

Isso parece ser importante para algumas pessoas nos dias de hoje e o cara aproveita desse fato para atrair um tipo específico de público. É algo mais como um conjunto familiar; não é do tipo que nos envergonhamos se tiver crianças na sala. Bem legal esse quesito, não?

 

 
Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   
 

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.