Ao contrário de documentários/series anteriores sobre os gigantes do futebol mundial, a Netflix conta a história das lutas do Sunderland, em Sunderland Até Morrer, com ênfase no torcedor, nos dando um enredo de emoção humana crua, exemplificando o que significa não apenas apoiar um clube, mas também estar emocionalmente envolvido com ele.

Imagine esta cena: é o interior da Igreja de Santa Maria, uma paróquia católica romana do século XIX. Este local fica dentro do centro de Sunderland, no nordeste da Inglaterra.

A câmera foca em uma congregação lotada. Todos os apoiadores da Sunderland AFC estão vestindo lenços vermelhos e brancos. Enquanto isso, o padre Marc Lyden-Smith inclina a cabeça e os guia em oração.

Veja Também!  Confira 5 filmes curtos para assistir na Netflix

A paróquia, ansiosa e melancólica, escuta quando o padre Lyden-Smith começa. Alguns, incapazes de conter emoções, começam a chorar.

“Vamos orar pelo clube de futebol do Sunderland e pela nossa cidade. Ajude-nos a entender o que o futebol significa em nossa comunidade. Mostre-nos como o futebol pode nos ajudar a nos unir. Nos guie para tirar o melhor proveito de cada jogo”, diz ele. “Ajude-nos através da nossa raiva e da nossa fúria, quando a equipe não estiver fazendo o melhor que pode. Ajude o povo de Sunderland e sua frustração, pois eles são pessoas boas, que trabalham duro”.

Sunderland Até Morrer coloca o público como personagem principal do documentário, e não o clube

Isso é Sunderland Até Morrer um documentário/série – ou o contrário – de oito partes da Netflix. Narra a temporada tumultuosa do clube em 2017 – 2018, quando, depois de 10 temporadas na Premier League, o clube rebaixado luta na segunda divisão do futebol inglês.

Veja Também!  Netflix | Confira as novidades da semana (10/11 - 16/11)

Dada a direção íntima e a produção detalhada, o projeto encapsula perfeitamente o significado cultural do relacionamento da cidade com seus orgulhosos apoiadores da classe trabalhadora.

De muitas formas, com os outros projetos do tipo, sempre há uma sensação de distanciamento cinematográfico. As produções, em geral, fascinam as histórias dos clubes. Elas destacam a equipe e seus craques como os personagens centrais. O sentimento do telespectador é de que não reconhecer quem e o que estava sendo apresentado ali.

Mas, fazendo o torcedor o protagonista, Sunderland Até Morrer, faz exatamente o oposto. Nos dá um conto de emoção humana crua. Além disso, exemplifica o que significa não apenas apoiar um clube, mas também emocionalmente depender dele.

Veja Também!  Onde Assistir | Série Merlí online
 

Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   
 

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.