A Netflix está apostando em mais uma série adolescente e parece que, novamente, acertou na escolha. Não que o conteúdo de The A List seja realmente bom, mas tem vários elementos para conquistar o seu público alvo e, pelo que tudo indica, está conseguindo. A produção não é original da Netflix, mas sim da BBC, de quem a plataforma de streaming adquiriu os direitos, após ver o sucesso que a série fez no Reino Unido.

A trama gira em torno de Mia, que vai passar as férias em um acampamento de verão, com diversos outros adolescentes. Parece ser apenas mais um verão qualquer, no qual ela terá a oportunidade de conhecer novas pessoas e viver algumas aventuras, mas o que todos eles vão enfrentar vai muito além do que acontece em um simples acampamento.

O roteiro de The A List é fraco, bem infantilizado e um tanto confuso. O tom sobrenatural é uma aposta interessante, ainda mais porque foge de um grande clichê do terror: acampamento + adolescentes = serial killer matando quase todo mundo. Mesmo assim, o resultado final não é bom. Para o público alvo até pode ser, mas, no geral, não é. A trama é uma mistura de coisas que, no final, não fazem muito sentido e deixam o espectador confuso. Talvez, para uma futura segunda temporada, todas essas partes confusas sejam melhor explicadas. No decorrer dos episódios, a série consegue prender sua atenção, você realmente quer saber o que vai acontecer e do que se trata aquilo tudo, mas isso se deve muito mais à direção e às atuações do que ao roteiro.

Veja Também!  Onde Assistir | Anime SWORDGAI The Animation online

A narrativa não é um problema, embora ela pudesse ter enrolado um pouco menos, porque, em alguns momentos, a série fica um pouco arrastada. Os episódios são curtos, de apenas meia hora, mais ou menos, o que é muito bom, principalmente para o público ao qual ela é destinada. A narrativa consegue se sair muito bem ao apresentar, com clareza, todos os personagens relevantes e seus dramas. Conseguimos acompanhar tudo que os envolve: suas descobertas, dúvidas, medos, objetivos. Nada se perde, tudo é bem trabalhado. O recurso do narrador é bem interessante e surge em momentos apropriados.

A fotografia é muito bonita, tudo muito colorido (o que chama bastante a atenção), realçado por belas paisagens. A direção é boa, consegue conduzir bem os atores em cena. As mudanças de atmosfera da série são bem produzidas. O elenco faz um bom trabalho, todos conseguem atuar bem, dentro do que pedem seus personagens. O destaque vai para Mia (Lisa Ambalavanar): a evolução da protagonista é muito bem feita, suas mudanças são notórias e naturais. A atriz nos passa verdade, ao mostrar todos os dramas da personagem, seus medos, angústias e decepções. Aos poucos, ela vai conquistando o espectador e ganha sua torcida. Outra que se sai muito bem é Petal (Georgina Sadler), que nos apresenta uma personagem bem interessante e divertida, ótima para quebrar esse ar de tensão e suspense da série. A mudança de sua personagem também foi bem feita pela atriz. Uma coisa bem interessante é que o elenco e os personagens são bem diversificados, tudo feito para que o público teen possa se identificar com algum deles.

Veja Também!  Onde Assistir | Série Retaliação online

The A List é uma série interessante, bem produzida, com boas atuações e uma direção de arte muito boa, mas o roteiro estraga e faz a qualidade cair bastante. Ainda assim, é uma boa opção para o público adolescente. É praticamente uma espécie de Malhação sobrenatural. Amizades bem inesperadas, vingança, coisas bizarras e inexplicáveis. Com seus altos e baixos, The A List nos mostra que é possível conseguir nossos objetivos se realmente acreditarmos e, principalmente, se confiarmos em quem estiver conosco.

 

Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   
 

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.