The Boys In The Band é um filme da Netflix baseado em uma peça musical homônima e tem Ryan Murphy (Ratched) como seu produtor. Você pode conferir aqui a ficha técnica dele.

Enredo de The Boys in The Band

O filme se passa nos anos 60 e trata sobre o tema da homossexualidade em um período onde os direitos para essa parte da sociedade eram ainda mais escassos. Na trama, o anfitrião Michael (Jim Parsons) organiza uma festa de aniversário para Harold (Zachary Quinto), seu amigo. Portanto, o grupo de amigos de seu pequeno círculo se reúne para a celebração.

No entanto, quando Michael sugere um jogo em que os amigos deveriam ligar para alguém que amam ou já amaram, os traumas começam a aparecer e a narrativa passa a trabalhar o passado dos personagens.

Veja Também!  Resenha | Alguém tem que morrer (Original Netflix)

É a partir daí que a narrativa fica cada vez mais melancólica e pesada, o que não significa que o filme desacelere e saia da sua dinâmica narrativa inicial. Isso é muito bom, pois o filme consegue atingir as mais belas áreas dos dramas vividos pelos personagens sem deixar que a história fique chata.

Elenco e Personagens

Jim Parsons é um ator sem dúvidas muito caloroso, e isso casa muito bem com seu personagem, Michael. Ambos se conectam em um nível que não sou capaz de explicar. E todos os outros atores, que formam um bom time cuja apresentação individual geraria um tópico muito extenso e cheio de spoilers, também atingem níveis de atuação extremamente competentes.

Veja Também!  Resenha | Aucademia - 2ª Temporada (Original Netflix)

A entrega do elenco foi muito boa e conseguimos nos conectar aos personagens, mesmo que não nos conectemos às histórias e problemas vividos por conta de sua sexualidade. É uma questão de conseguir entender e nos colocarmos no lugar dos personagens.

Direção e Fotografia de The Boys in The Band

A direção o filme traz transições muito bem pensadas com objetos. Além disso, as cenas e transmutações entre as linhas temporais também são muito bem trabalhadas. E a fotografia é bem saturada e com uma temperatura mais quente. Lembra um pouco os estilos de fotos antigas.

Cenografia e Figurinos

Por fim, a cenografia fica mais restrita ao apartamento de Michael, mas também nos leva para outros locais no momento dos flashbacks. Além disso, é válido citar que a cenografia é muito bem montada uma vez que tudo remete aos anos 60.

Veja Também!  Sherlock Holmes | 15 filmes e séries inspirados nos livros

E, como não podia faltar, os figurinos estão muito bem trabalhados e caracterizando de forma muito convincente os atores. Apesar de não ser a parte mais bem trabalhada da narrativa.

E então, o que você achou de The Boys in The Band? Conta pra gente nos comentários!

Na UOL Play você pode assistir aos melhores filmes e séries sob demanda, além de vários canais de TV por assinatura. Tudo isso no mesmo lugar. Gostou? Experimente por 7 dias grátis! Clique e confira!
Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"  

 

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.