Podemos dizer que The Sinner  não é uma série ambiciosa, mas é um prazer assistir. Jessica Biel estrela como Cora Tannetti, uma mulher nova-iorquina cuja tentativa de aproveitar um dia ensolarado de verão termina em desastre.

Enquanto descasca uma pêra para seu filho na praia, Cora fica cada vez mais agitada. Tudo por causa da música da caixa de som de um casal próximo. De repente, ela tem um sobressalto e usa sua faca para acabar com aquilo de uma vez por todas.

Tendo cometido um assassinato muito público, Cora parece satisfeita em encarar o encarceramento. Mas, contanto, que ela não seja perguntada sobre por que, exatamente, ela matou.

Veja Também!  Resenha | Supernatural (1ª Temporada)

Como o detetive Harry Ambrose, Bill Pullman tem um grande papel para desenvolver. Mas seu envolvimento com o caso da mulher deixa o espectador curioso. Ele é um substituto apelativo para nos conduzir através de um caso cuja escuridão aumenta a cada momento.

Biel, cujos papéis mais glamorosos na tela grande nem sempre lhe deram muito para trabalhar, é crua e atraente como uma mulher que é incapaz de decodificar seus próprios instintos.

The Sinner tem todos os bons elementos de um enredo sobre um crime

Em The Sinner vemos, em flashback, uma primeira infância em que sua mãe opressora e devotadamente religiosa a culpou pelo infortúnio familiar. É Carrie, de Stephen King, se o poder de telecinese da criança abusada fosse substituído por um poder mais terrestre de “apagão”.

Veja Também!  Resenha | Once Upon A Time (6ª Temporada)

Nos dias atuais, Cora está desconectada de sua própria vida, cheia de uma aversão que ela mesma não sabe distinguir. “Eu nunca pensei que teria uma vida normal”, a mulher diz a seu marido Mason (Christopher Abbott) depois que ela foi presa.

“E eu fiz, eu realmente fiz, e é por sua causa”. Isso pode ter sido verdade no início, mas o que vemos de Cora antes mesmo de seu crime é uma figura obsessiva e nervosa. Seu quebrantamento é óbvio, mesmo que ela seja adepta de encobrir algumas das fissuras particulares de sua mente. Tudo isso se soma a um drama que é filmado de maneira surpreendente, gratificante e inteligente.

Veja Também!  As Mais Lidas da Semana (04/11 - 10/11)

The Sinner  tem aquele fio das boas tramas de detetive. A intenção do enredo é bem simples: contar uma história satisfatória do crime. E a resposta chorosa de Cora ao porquê ela matou: “porque eles tocavam essa música, e eles continuavam a aumentar o volume”. A verdadeira resposta deve ser algo fascinante se a mentira não for convincente.

 
Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   
 

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.