A minissérie The Underground Railroad, baseada no livro homônimo de Colson Whitehead, foi lançada no dia 14 de maio de 2021 pela Amazon Prime Video.

Sobre o Enredo

A minissérie The Underground Railroad é baseada em um livro de mesmo nome escrito por Colson Whitehead no ano de 2016.

O enredo cria uma espécie de ficção histórica ao retratar a história de Cora Randall (Thuso Mbedu), uma escrava que vive nos Estados Unidos do século XIX, período em que a escravidão ainda não havia sido abolida.

A narrativa se desenvolve a partir do momento em que César (Aaron Pierre), um escravo recém-chegado na plantação de algodão, conta para Cora sobre a existência de uma possibilidade de fuga através das “underground railroad”, ou seja, das ferrovias subterrâneas.

Assim, Cora irá descobrir um complexo de ferrovias operadas por negros no sul dos Estados Unidos que tem como objetivo ajudar escravos a fugirem para os estados do norte, em que a escravidão havia sido abolida.

Cora irá descobrir que as ferrovias são impulsionadas por desejos de liberdade e pela esperança de um futuro melhor: aspectos que serão amplamente explorados pelo roteiro da série.

Elenco e Personagens

A minissérie The Underground Railroad conta com um numeroso e talentoso elenco. Porém, a personagem principal, Cora, é magistralmente interpretada por Thuso Mbedu.

A interpretação de Mbedu deixa o público sem fôlego do começo ao fim, especialmente pela sua habilidade de expressar os seus sentimentos mais profundos.

Não é a toa que a Thuso Mbedu recebeu o prêmio de Melhor Atriz no South African Film and Television Awards, graças à essa produção.

Ceaser, por sua vez, é interpretado por Aaron Pierre. O seu personagem participa de momentos cruciais para o desenvolvimento na série.

Ainda, em The Underground Railroad estão presentes também: Joel Edgerton, interpretando Ridgeway, Chase W. Dillon, Sheila Atim e Will Poulter.

Direção e Fotografia

A série é dirigida por Barry Jenkins, o diretor de Moonlight: Sob a Luz do Luar e que venceu três categorias no Oscar de 2017, incluindo aquela de Melhor Filme.

Jenkins cria uma série dinâmica e que, embora um pouco fantasiosa, dá voz à condição dos escravos estadunidenses do século XIX.

As cenas são filmadas de diversos ângulos, segundo a profundidade do diálogo ou segundo a velocidade dos acontecimentos.

Jenkins trabalha em conjunto com a equipe de fotografia, que opta por utilizar uma iluminação limitada ao longo de parte significativa da minissérie.

Embora a paleta cromática de The Underground Railroad seja levemente variada, predominam tons escuros.

Cenografia e Figurinos

A cenografia cria cenários que correspondem à vida rural dos estados do sul dos EUA no século XIX.

Dessa forma, a maioria das cenas é gravada ao ar livre e na fazenda. Ainda, os cenários que retratam as ferrovias subterrâneas foram também muito bem pensados e construídos de forma verossímil.

Por fim, os figurinos seguem a mesma linha dos cenários no aspecto histórico: os escravos e ex-escravos se vestem com roupas muito simples e deterioradas.

Porém, conforme a narrativa avança, outros figurinos poderão ser encontrados, como ternos e vestidos elegantes.

E você, o que achou de The Underground Railroad? Conte pra gente nos comentários?


Experimente o Telecine por 30 dias grátis! Clique e confira!
Os Livros Mais Vendidos de Hoje: https://amzn.to/3nfT3tC
Roupas com Estampas Geek: https://amzn.to/38ykhrx
Quadros e Placas Decorativas Geek: https://amzn.to/3kjL8JR
Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"  

 

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.