Tidelands é a primeira série australiana original da Netflix e tem uma abundância de corpos sarados e bronzeados no elenco. No entanto, a estética do seu enredo é temperamental e teatral. É como se os atores se estragassem para estrelar um comercial da Coca-Cola e ficassem surpresos ao descobrirem que o resultado é apenas iluminação artística.

A premissa da série, criada por Stephen M Irwin e co-escrita por Irwin e Leigh McGrath, combina um cenário australiano de pequena cidade com mitologia quase-grega. A fictícia vila de pescadores Orphelin Bay é habitada por seres humanos, bem como meio-humanos/meia-sereias chamados Tidelanders.

Disfarçando o enredo sobrenatural, a localização central parece um pouco como um bizarro The Good Place. É uma comunidade meio real e meio não, com hierarquias e protocolos obscuros. A gerência fica por conta de um ser sobrenatural cujos deveres diários são atolados por dramas sem sentido.

Veja Também!  Resenha | O Farol (2019)

Ela é Adrielle (Elsa Pataky), uma misteriosa líder com um modo lento e aéreo de falar, que pretende implicar sabedoria. Adrielle transforma até mesmo linhas simples em declarações poéticas.

Tidelands traz humanos e meio-humanos em um só núcleo

É uma combinação de feiticeira, rainha, líder de culto, gata surfista, vilã e matriarca. Quando perguntada sobre a natureza exata de seu papel como líder dos Tidelanders, ela apenas responde obliquamente e pretensiosamente. “Eu sou apenas uma mãe para aqueles sem mães”.

As mulheres em Tidelands são, tipicamente falando, personagens empoderadas e teimosas que não sofrem por tolos nem são mandadas por eles. Isso porque elas têm tenacidade e agenciamento que eles não têm.

Veja Também!  Resenha | Bárbaros - 1ª Temporada (Original Netflix)

Dado um escopo tão amplo de fantasia, com qualquer número de coisas malucas que poderiam ser figurativamente ou literalmente dragadas da água, uma quantidade preocupante da história se concentra na descoberta de Cal que seu irmão Augie (Aaron Jakubenko) está usando o barco de pesca familiar para transporte de drogas.

Tidelands pertence a uma série de produções televisivas australianas recentes que criam formas não convencionais de humanos como meio de ponderar sobre as coisas que unem as pessoas e as coisas que nos separam.

A água é um tema-chave, mas a série prioriza o mistério sobre sentimentos. O grande problema, infelizmente, é sua atmosfera pesada e a demonstração excessiva de abdomens sarados.

Veja Também!  Resenha | The Alienist – 2ª Temporada (Original Netflix)
Na UOL Play você pode assistir aos melhores filmes e séries sob demanda, além de vários canais de TV por assinatura. Tudo isso no mesmo lugar. Gostou? Experimente por 7 dias grátis! Clique e confira!
Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"  

 

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.