Tigertail foi lançado na Netflix no dia 10 de abril de 2020. Além disso, o longa foi dirigido por Alan Yang e seu elenco conta com Tzi Ma, Christine Ko, Hong-Chi Lee, Joan Chen, entre outros nomes.

Enredo de Tigertail

O filme conta a história de Grover, um taiwanês que perdeu seu pai ainda pequeno. A trama acontece de dois pontos de vistas diferentes: a de um Grover jovem (Hong-Chi Lee) e um mais velho (Tzi Ma) que, mesmo sendo a mesma pessoa, ele acaba passando de uma pessoa feliz para uma pessoa amargurada e cheia de arrependimentos.

Com relação ao ritmo, não é de se surpreender que o filme acaba sendo extremamente lento, com planos de duração muito longos e com poucos detalhes na cena, o que carrega os olhos do público para o interesse do diretor que, na maioria das vezes, sãos os atores.

Veja Também!  Legends of Tomorrow | Quando a 6ª Temporada chega na Netflix?

Elenco e Personagens

Os personagens são uma parte relativamente boa, com o foco em seu protagonista, que é muito bem desenvolvido. Ainda, alguns personagens não recebem uma atenção muito grande, como o filho do Grover e até mesmo o que aconteceu com seu pai.

As atuações são o ponto alto de todo o filme e o elenco entrega um ótimo trabalho. E Tzi Ma acaba sendo o destaque, pois consegue dar muita profundidade ao personagem. Apesar de ser monótono, com apenas uma expressão rabugenta, quando encontra quem realmente ama, é possível ver uma expressão genuína em seu rosto.

Direção e Fotografia de Tigertail

A direção dá um tom triste e vagaroso ao filme, utilizando de planos longos sempre centralizando o protagonista. Além disso, o diretor utiliza muito como recurso sonoro o silêncio, o que destaca ainda mais a solidão do personagem. Essa característica é tão presente no filme, que o diretor em algumas cenas faz questão de manter os personagens em silêncio, como por exemplo o dono da fábrica onde a mãe de Grover trabalha.

Veja Também!  Resenha | Um Rapaz Adequado - 1ª Temporada (Original Netflix)

A fotografia usa muito cores frias, o que ressalta a tristeza de Grover e utiliza principalmente o verde, que aqui cai como uma luva por causa dos campos de arrozais. Além disso, o vermelho é bem utilizado quando o protagonista está com Yuan (Joan Chen), o seu verdadeiro amor.

Cenografia e Figurinos

A cenografia destaca as casas pobres de Taiwan, a fábrica onde sua mãe trabalhava, o seu novo apartamento apertado entre outros elementos que mostram bem a cultura do país. Os figurinos são bem simples, mas mostram muito bem pobreza do país.

E você? O que achou do filme? Conta pra gente nos comentários.

Na UOL Play você pode assistir aos melhores filmes e séries sob demanda, além de vários canais de TV por assinatura. Tudo isso no mesmo lugar. Gostou? Experimente por 7 dias grátis! Clique e confira!
Veja Também!  Ficha Técnica | O Sol é Para Todos (1962)

Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"  

 

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.