Trailer Park Boys: The Animated Series é uma animação adulta que vem como uma décima terceira temporada para a série de mesmo nome. A criação ficou por conta de John Paul Tremblay, Robb Wells e Mike Smith. Você pode conferir a série “original” também na Netflix.

Sobre o enredo de Trailer Park Boys: The Animated Series

Trailer Park Boys: The Animated Series

A trama da animação se dá logo quando termina a décima segunda temporada da série principal, com nossos personagens na cadeia. Aqui, eles ingeriram uma grande quantidade de cogumelos alucinógenos e estão em uma “trip”. Mas a quantidade foi tão grande que agora eles não só se veem como desenhos animados, mas tudo ao seu redor. Então, a série toma o mesmo rumo que normalmente tomaria, com toda a violência, as armas, xingamentos e drogas que já conhecemos.

Muitas pessoas costumavam comparar o show principal com uma série animada adulta, só que uma versão live-action dessas séries. Agora, finalmente conseguimos ver os personagens na forma animada e a verdade é que não muda muita coisa. Para quem quer ver a série pela primeira vez e não está familiarizado com esse tipo de animação, pode não ser uma boa opção de por onde começar. Afinal, ela está seguindo uma sequência de acontecimentos.

Personagens e dubladores

Os nossos personagens são os mesmos já conhecidos na trama principal, com seus respectivos atores realizando as dublagens. Não poderia ser diferente disso. Logo, temos Julian (John Paul Tremblay), o personagem tranquilo, que parece ter nascido segurando um copo de rum. Ademais, temos Ricky (Robb Wells), o que coloca todo mundo em perigo e, por fim, Bubbles (Mike Smith), o ingênuo. São os mesmos personagens na mesma história. Mas é interessante ver a forma como a essência continua a mesma e até cabe melhor em suas versões animadas.

Direção e técnicas de animação de Trailer Park Boys: The Animated Series

A direção de Trailer Park Boys: The Animated Series consegue ser mais livre uma vez que é uma animação. Portanto, conseguimos ver coisas como o braço de um dos personagens voando pela tela, o pescoço de outro completamente contorcido e outras coisas que não poderiam ser realizadas na série principal. E as técnicas de animação são bem simples, utilizando das características mais marcantes dos personagens para literalmente transformá-los em desenhos. Não é nada sofisticado e nem precisaria ser por conta do formato da série.

Em conclusão, tudo parece estar no lugar certo e a série deve contar com várias temporadas, pois pode conquistar fácil aqueles que são amantes do gênero. Mas qual foi a sua opinião sobre a série? Conta para a gente nos comentários!


Inscreva-se no nosso canal
 
Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   
 

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.