Na última sexta-feira (6), a Netflix lançou Troco em Dobro, uma produção de ação e comédia protagonizada por Mark Wahlberg. O filme é indicado para maiores de 16 anos e possui 110 minutos de duração.

Enredo

A história segue a fórmula clássica para filmes do gênero: boas cenas de luta, uma piada aqui e outra lá, e personagens típicos. O próprio protagonista segue o padrão de policial turrão indo contra o sistema. Spenser é um ex-policial saindo da prisão após cumprir sentença de agressão física a seu superior. Ele pretende começar uma vida nova no Arizona quando o Capitão Boylan, a quem ele agrediu, é assassinado assim que ele entrou em liberdade. Por um forte senso de justiça, ele decide descobrir a verdade sobre o caso e inocentar a memória do policial Terrence, que foi culpado pelo crime. Ele passa, então, a perseguir agentes da máfia e policiais corruptos junto com Falcão, seu novo colega de quarto que acaba de conhecer.

A princípio, é estranho levar o filme a sério, pois a impressão é de que a qualquer momento Wahlberg irá interpretar uma sátira dos filmes policiais. Porém não é o que acontece, e embora tenha alguns momentos de humor, a trama se desenvolve de maneira séria, inclusive apresentando cenas violentas e de injustiça social. Apesar de surpreender um pouco positivamente as expectativas que não eram muito altas, Troco em Dobro não é capaz de inovar em relação ao roteiro esperado. A previsibilidade da trajetória de Spenser coloca a produção original da Netflix num espaço entre o razoável e o medíocre.

Personagens e elenco

Além de Mark Wahlberg no papel principal, destaca-se Winston Duke como Falcão, o icônico Alan Arkin como o velho Henry Cimoli e Iliza Shlesinger no papel da namorada de Spenser, Cissy Davis. Também vale citar a participação de Post Malone como Squeed.

Direção e fotografia

A direção de Peter Berg em Troco em Dobro completa 5 parcerias entre o cineasta e o ator Mark Wahlberg. A adaptação da série de livros Wonderland de Ace Atkins foi anunciada em 2018, e foi organizada no roteiro livre de Sean O’Keefe.

A fotografia do filme foi, na verdade, um dos aspectos de mais destaque da produção, com um trabalho regular durante cenas comuns, mas surpreendendo nas cenas de flashback e de ação.

Cenografia e figurino

Como um filme mediano de ação, Troco em Dobro não precisa investir muito em figurino, já que o mais importante numa pancadaria não são os acessórios de moda dos envolvidos, e sim habilidades de luta. Para dar destaque a essas habilidades, no entanto, os cenários tiveram de ser bem aproveitados tanto em espaço quanto em visualidade. Algumas cenas externas foram gravadas também, não representando muito mais do que o comum na cidade de Boston.

E aí, o que achou do personagem de Mark Wahlberg em Troco em Dobro? Conte nos comentários!

Na UOL Play você pode assistir aos melhores filmes e séries sob demanda, além de vários canais de TV por assinatura. Tudo isso no mesmo lugar. Gostou? Experimente por 7 dias grátis! Clique e confira!
Os Livros Mais Vendidos de Hoje: https://amzn.to/3nfT3tC
Roupas com Estampas Geek: https://amzn.to/38ykhrx
Quadros e Placas Decorativas Geek: https://amzn.to/3kjL8JR
Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"  

 

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.