Vampiros é uma série de produção francesa que foi adquirida pela Netflix para seu catálogo de originais. A obra é um terror teen muito voltado para o drama. Foi lançada dia 20 de março e conta com os nomes de Oulaya Amamra, Suzanne Clément, entre outros.

Sobre o enredo de Vampiros

DSC03684.ARW

Vampiros conta a história de uma família de vampiros que vive na Paris dos dias de hoje. Afastados do clã e com integrantes peculiares, eles tem de arrumar uma forma de sobreviver escondidos em meio aos humanos. E os “monstros” aqui sofrem de tal condição por pura genética. O problema todo começa quando Doïna (Oulaya Amamra) de 16 anos, para de tomar seus remédios para controlar os genes de vampiro e começa a ter suas primeiras mudanças. Ela não é como os outros.

O roteiro de Benjamin Dupas, Isaure Pisani-Ferry e Anne Cissé é extremamente lento no quesito desenvolvimento da proposta vampirística de Doïna enquanto trabalha toda a questão adolescente dela, problemas cotidianos, entre outras coisas. Além disso, a construção dos diálogos é totalmente artificial e plastificada, chegando a incomodar em alguns momentos.

Elenco e personagens

Os personagens aqui são todos muito artificiais e clichês. Doïna é a clássica adolescente confusa, rebelde, e tudo gira em torno dela. Além disso, as atuações, no geral, são todas muito ruins. A série lembra um pouco no começo O Último Guardião, mas uma versão bem plastificada e adolescente e com uma atriz protagonista que não consegue passar emoção.

Direção e fotografia de Vampiros

A direção da série é outro aspecto em que há enormes erros. Eles podem ser observados na montagem das cenas, com continuidades não conexas. Manchas de sangue que mudam de lugar, ou de tamanho de forma considerável, entre outras coisas. Ademais, a série conta com pouquíssimas cenas de ação e que não tem um jogo de câmera exatamente bem executados.

A fotografia, pelo menos, trabalha com um enquadramento satisfatório das cenas e com uma película que conversa com o ritmo da série: fria.

Cenografia e figurinos

Por fim, cenografia e figurino trabalham de forma simples, utilizando das ruas de Paris e de seus prédios de arquitetura secular como seu palco. Além disso, as roupas não passam de variáveis do que é vestido normalmente pelos jovens da cidade.

E então, você já viu Vampiros? Conta para a gente o que achou da série nos comentários!


Inscreva-se no nosso canal
 
Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   
 

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.