Vampiros X The Bronx é o mais novo filme teen de comédia da Netflix. Ele foi lançado dia 2 de outubro de 2020 e já vem com a pegada do mês do Halloween. Direção e roteiro são de Osmany Rodriguez e o elenco principal traz Jaden Michael, Gerald W. Jones III, Gregory Diaz IV, Coco Jones, entre outros nomes. Você pode conferir a ficha técnica dele aqui.

Enredo de Vampiros X The Bronx

O filme traz o trio Miguel (Jaden Michael), Luis (Gregory Diaz IV) e Bobby (Gerald W. Jones III), amigos muito próximos que moram no Bronx e estão tentando salvar uma loja de conveniência de ser fechada. Isso porque uma empresa imobiliária está comprando vários dos locais do bairro. Isso está afastando a comunidade e trazendo pessoas brancas e ricas para o local majoritariamente não branco.

No entanto, o grupo descobre que na verdade são vampiros que querem tomar conta do local. O objetivo deles é achar um novo lar para sua raça e planejam transformar os residentes do bairro em servos.

Veja Também!  Ficha Técnica | A Maldição do Poço (Original Netflix)

O filme é uma clara crítica social disfarçada de comédia. É sobre pessoas brancas e ricas comprando os bairros pobres e sugando dos negros e latinos seus recursos, dinheiro, casas. E é algo que fica bem nas entrelinhas. Mas, para quem tem uma visão mais crítica, fica fácil perceber. Osmany Rodriguez foi muito inteligente com sua colocação, mas não muito feliz em seu roteiro. Isso porque ele é óbvio demais e entrega de mão beijada as reviravoltas. Isso deixa a experiência do espectador muito superficial.

 Elenco e Personagens

Miguel é o protagonista, o líder, e a atuação de Jaden é muito boa e convincente. Por outro lado, sua inimiga, Vivian, é bem natural nas cenas amigáveis mas, enquanto vampira, é péssima. Sarah, a atriz, é muito teatral e pouco convincente. Mesmo sendo uma comédia, poderia ter sido um pouco mais bem trabalhada. E não é só ela, todos os atores que fizeram os outros vampiros beiraram o gênero besteirol.

Veja Também!  Resenha | Sem Conexão (Original Netflix)

Luis é um personagem ansioso, medroso e que lembra o Eddie de It – A Coisa. Já Bobby é a parte do trio que está um pouco mais envolvido com uma questão crítica mais explícita. Envolvido com gangues e com problemas na escola, ele demonstra como muitos garotos negros acabam nessa vida por conta da criminalidade tão presente nos locais onde moram.

Direção e Fotografia de Vampiros X The Bronx

A fotografia é aquela clássica de filmes Nova Iorquinos com a sensação de que tudo é meio cinza. Mesmo sendo um filme que traz representatividade latina e afro-americana, não é nada colorido como acontece com outros que trabalham com o mesmo tipo de personagens. Essa fotografia casa bem com a proposta do filme e foi um dos maiores acertos.

A direção já não foi tão boa assim. Assim como foi comentado anteriormente, Osmany não conseguiu fazer uma boa direção de elenco e tampouco uma boa montagem das cenas relacionadas aos vampiros. Parece que tudo ficou dentro dos estereótipos até demais.

Veja Também!  Resenha | Day of the Lord (Original Netflix)

Cenografia e Figurinos

Por fim, a cenografia é aquela clássica dos bairros como o Bronx lá em NY. São prédios, comércios locais, a Igreja e as ruas do bairro num geral. Já os figurinos representam mais os personagens. Rita por exemplo é haitiana e aparece com roupas bem coloridas. Já os outros meninos apresentam figurinos mais simples e nova iorquinos.

E então, o que você achou do filme? Conta pra gente nos comentários!

Na UOL Play você pode assistir aos melhores filmes e séries sob demanda, além de vários canais de TV por assinatura. Tudo isso no mesmo lugar. Gostou? Experimente por 7 dias grátis! Clique e confira!
Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"  

 

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.