Wasp Network é o mais novo filme de suspense da Netflix. A direção é assinada por Olivier Assayas e seu elenco é composto por Penélope Cruz, Edgar Ramírez, Wagner Moura, Gael García Bernal, Ana de Armas, Leonardo Sbaraglia, entre outros nomes.

Enredo de Wasp Network

Wasp Network conta a história dessa rede de espiões cubanos, que fingiam ser traidores de seu país e se infiltravam em organizações que visavam fazer ataques a Cuba. Organizações essas que tinham como objetivo enfraquecer o governo dos Castro. Dessa forma, os espiões impediam que isso acontecesse.

O filme é lento por não ir direto ao foco da história, que é essa rede. No entanto, o filme gasta a sua primeira metade com floreios e desvia do ponto principal. Portanto, isso acaba acrescentando muito material que não é trabalhado, o que torna o longa no mínimo tedioso.

Veja Também!  Resenha | Bárbaros - 1ª Temporada (Original Netflix)

Elenco e Personagens

Esse, por incrível que pareça, é um dos pontos altos do filme, já que apresenta uma ótima  construção e desenvolvimento de seus personagens, mostrando suas motivações. Além disso, eles possuem arcos interessantes e são fontes de discussões muito interessantes. Ainda, vale ressaltar que o seu elenco de peso não decepciona, pelo contrário, a equipe faz um ótimo trabalho como Wagner Moura, que consegue criar um personagem dentro de outro, ou Penélope Cruz, que consegue passar o amor de sua personagem pelo seu marido, mas não deixa de ser firme e dá bastante personalidade a sua personagem.

Direção e Fotografia de Wasp Network

A direção não decepciona, entretanto, não surpreende em nada, já que apresenta uma obra simples. Entretanto, o maior problema aqui é na montagem, que é extremamente mal feita, muito confusa, tediosa e é possível ver uma tentativa de amarrar as pontas soltas com uma narração que não aparece na primeira hora de filme. Por fim, não há nenhum defeito nos efeitos especiais.

Veja Também!  Resenha | O Farol (2019)

A fotografia também é simples, sem nada muito complexo nem nada de muito surpreendente. No entanto, a fotografia foca em cores quentes, que representam aqui o calor, e cores frias, que demonstram a noite.

Cenografia e Figurinos

Tanto o figurino, quanto os aspectos que fazem parte da a cenografia, são muito bem feitos, retratando muito bem a década de noventa e mostram perfeitamente a pobreza em que vivem os habitantes cubanos.

E você? O que achou do filme? Conta pra gente nos comentários!

Na UOL Play você pode assistir aos melhores filmes e séries sob demanda, além de vários canais de TV por assinatura. Tudo isso no mesmo lugar. Gostou? Experimente por 7 dias grátis! Clique e confira!
Veja Também!  Ficha Técnica | O Sol é Para Todos (1962)

Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"  

 

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.