A atriz Sharon Stone causou grande polêmica com revelações feitas em sua autobiografia “The Beauty Living Twice”, que será lançado no final do mês de março. A veterana atriz de 63 anos revela em seu livro vários fatos ocorridos durante sua carreira, incluindo algumas polêmicas.

Entre elas, está a famosa cena da cruzada de pernas no filme Instinto Selvagem, lançado em 1992, em que a atriz contracenou com Michael Douglas. A produção rendeu a ela uma indicação ao Globo de Ouro de 1993.

Segundo Stone, fizeram que ela gravasse a cena sem a sua roupa íntima, pois a peça estaria refletindo à luz, mas apenas quando viu o filme ela percebeu que suas partes íntimas foram expostas.

O fato rendeu um tapa na cara do diretor Paul Verhoeven. “Fui até a cabine de projeção, dei um tapa no rosto de Paul, saí, fui até meu carro e liguei para meu advogado, Marty Singer. Marty me disse que eles não poderiam lançar o filme como estava. Que eu poderia conseguir uma liminar.”

Além disso, a atriz revelou que alguns produtores queriam que ela se envolvesse sexualmente com os parceiros com quem contracenava.

É possível conferir trechos do livro no site da Vanity Fair.

Confira a capa da autobiografia da atriz:

O que achou da notícia? Deixe seu comentário!



Experimente o Telecine por 30 dias grátis! Clique e confira!
Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"  

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.