Um novo drama chegou recentemente à Netflix. Trata-se de Um Homem de Sorte, filme este que conta a história de um rapaz que faz de tudo para anaçar seus sonhos. E o sentimento durante o longa é de estar assistindo a uma biografia. Inclusive, sentimos até vontade de saber se as invenções de Per Sidenius (Esben Smed) realmente existiram.

Afinal, o homem realmente tem uma história interessante. Vindo de uma família religiosa, Sidenius passa a seguir o caminho da ciência e da tecnologia. Tomado por ideias ambiciosas que levariam a Dinamarca a outro patamar no quesito socioeconômico, ele viaja até Copenhague para seguir seus sonhos.

Contudo as ambições tão grandes de Per acabaram por tomar ele por completo, fazendo com que decaísse. E tudo parece tão real pela forma como o roteiro é conduzido que nos questionamos se aquilo realmente não aconteceu.

E a resposta é: sim e não. Um Homem de Sorte é a adaptação de um livro escrito por Henrik Pontoppidan. E a questão é que o autor era realmente um engenheiro, assim como Per e foi para Copenhague atrás de seus sonhos. Mas as coisas não deslancharam para ele da mesma forma que seu protagonista.

Inclusive Henrik também era filho de um vigário e teve o mesmo background que Sidenius, mas, como já disse, não teve o mesmo fim. Talvez o autor apenas retratou o que ele imaginou que aconteceria se tivesse tido a “sorte” que Per teve.

Já assistiu ao filme? Conta aí embaixo o que você achou! Ah, e eu fiz resenha dele aqui no site, vem conferir! O link: Resenha | Um Homem de Sorte (Original Netflix).

Na UOL Play você pode assistir aos melhores filmes e séries sob demanda, além de vários canais de TV por assinatura. Tudo isso no mesmo lugar. Gostou? Experimente por 7 dias grátis! Clique e confira!
Os Livros Mais Vendidos de Hoje: https://amzn.to/3nfT3tC
Roupas com Estampas Geek: https://amzn.to/38ykhrx
Quadros e Placas Decorativas Geek: https://amzn.to/3kjL8JR
Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"  

 

6 COMENTÁRIOS

  1. O filme começa muito bem prendendo a atenção do espectador. Entretanto, após o primeiro romance ‘fácil’ com a garçonete e o encontro nada casual com um investidor milionário a história passa por um momento crítico de desilusão. Tudo fica fácil e muito fácil ao Sr. Sidenius. Vê-se logo que é ficção pura. Mas o charme da Srta. Salomon (a irmã mais velha) prende o espectador novamente. Até a separação. A partir daí o filme cai muito no enredo que fica bastante prejudicado. Nada mais há a ser contado ou desvendado. É ladeira abaixo. Triste final para um início promissor.

  2. Se olharmos por outro lado, podemos ver um homem a procura de si mesmo. Todo o resto é instrumento para esse encontro. E no final ele transcende toda a ilusão do externo e encontra o que procura. Se procuramos além do óbvio, também fazemos a mesma busca.

  3. Achei o filme lindo, principalmente porque retrata a complexidade do mundo interior de cada um. Somado a isso, uma bela fotografia e performance dos atores. Para quem gosta de psicologia e dos dilemas existenciais, ótima pedida!!

  4. Estoava assistindo ao filme quando me deparei com a sua análise aqui. A história do filme, ainda que não seja verdadeira, é surpreendente, vale a pena conferir. Parabéns pela análise aqui.

  5. Gostei bastante do filme, pra mim ele mostra o quanto nossos traumas não curados e o relacionamento interpessoal interfere em todas as esferas das nossas vidas, e como infelizmente acabamos por repetir muitos comportamentos que nós despezamos…

  6. Assisti ao filme, e realmente vim pesquisar sobre o engenheiro. Apesar de ser focado no personagem Per, me chamou atenção a sensibilidade de sua grande amiga judia.
    É tocante a história e mesmo sendo ficção, deixa uma sensação de redenção, de como é a busca por si mesmo e a paz de quem se encontra .

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.